Vereadores de Laguna também apelam ao governador por convocação para PM

PM catarinense, segundo o documento, "conta um efetivo de menos de 10 mil policiais, bem como uma média de baixas junto a corporação de em média 376 por ano, nos últimos três anos, fator acaba gerando um déficit no contingente".
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Assim como realizado recentemente na Câmara de Vereadores de Pescaria Brava, o Poder Legislativo de Laguna também enviou uma moção de apelo endereçada ao governador do Estado, Jorginho Mello (PL), para que a Polícia Militar faça a convocação dos candidatos aprovados nos concursos para efetivo da corporação.

A proposição foi da vereadora Deise Cardoso (Republicanos) com aprovação unânime pelo plenário. O tema chegou a ser debatido na segunda-feira, 8, quando o comando da corporação em Laguna participou de sessão legislativa da Câmara.

A PM catarinense, segundo o documento, “conta um efetivo de menos de 10 mil policiais, bem como uma média de baixas junto a corporação de em média 376 por ano, nos últimos três anos, fator acaba gerando um déficit no contingente”.