Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Coronavírus

O Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos de Laguna informou em nota que está restringindo a partir desta terça-feira, 16, as visitas a pacientes internados na unidade. Além da restrição, foram anunciadas medidas de prevenção a proliferação do novo coronavírus (Covid-19).

As ações são anunciadas dois dias após a confirmação de um caso de contaminação por coronavírus em Braço do Norte (informado pelo Hospital Santa Terezinha) e dias depois de a prefeitura municipal ter realizado reunião intersetorial para determinar as táticas de atuação dos órgãos de saúde em Laguna.

Confira as medidas:

  • Visitas restritas a uma pessoa por paciente e horário de visitação entre 13h e 14h e devem ser feitas se houver real necessidade. O tempo de permanência no quarto de paciente, preferencialmente, deve ser rápido.
  • Proibida a circulação pelo hospital. O visitante deve se dirigir diretamente para o quarto destinado.
  • Idosos e crianças menores de 12 anos devem evitar vindas ao hospital – exceto em casos de emergência.
  • Só serão permitidos acompanhantes para pacientes entre 18-60 anos, exceto por solicitação médica. Ficam suspensas por prazo indeterminado as atividades voluntárias e visitas religiosas.

Como adiantou o Portal Agora Laguna, a recomendação mais importante da unidade é que pacientes em sintomas gripais só procurem atendimento em real necessidade. Casos que sejam suspeitas de contaminação pelo coronavírus devem ser tratados nas unidades básicas de saúde, a orientação atende determinação do Ministério da Saúde (MS).

Os casos confirmados no Brasil já passam de 200, segundo boletim divulgado no domingo, 15, pelo governo federal. Em Santa Catarina, há sete casos oficiais de pacientes infectados pelo Covid-19, sendo: um em Braço do Norte, um em Joinville, dois em Rancho Queimado e três em Florianópolis – outros dois foram confirmados em Tubarão, mas não entraram na relação oficial. O estado não tem registro de transmissão local do vírus, como acontece no Rio de Janeiro, por exemplo.

No município de Laguna, o Asilo Santa Isabel também adotou medida de restrição e desde sexta-feira, apenas familiares podem visitar os idosos acolhidos – a faixa etária superior a 65 anos é considerada o grupo de risco mais grave da doença. A visitação à Casa de Anita e ao Mercado Público foram restritas a grupos de 10 e 30 visitantes, respectivamente.

Editoria de Arte/Agora Laguna