Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os postos de saúde da Passagem da Barra, Magalhães, Mar Grosso, Esperança, Campo de Fora e Cabeçuda estarão abertos neste sábado, 30, das 8h às 17h. A ação faz parte do Dia ‘D’ de vacinação contra o sarampo, onde o público-alvo é formado por pessoas com idades entre 20 e 29 anos.

Para tomar a vacina, é preciso ir a uma unidade de saúde ou um posto com a caderneta de vacinação e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), se tiver. A dose também previne o paciente contra caxumba e rubéola.

Em Pescaria Brava, a população pode se vacinar nas unidades de Barreiros e Laranjeiras.

A primeira fase dos trabalhos de imunização terminou em 25 de outubro e foi destinada às crianças entre seis meses e quatro anos, 11 meses, e 29 dias.

Segundo a diretora de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive-SC), Maria Teresa Agostini, a vacinação tem sido intensificada no Brasil em virtude de casos registrados em um surto que atinge 19 estados, incluindo Santa Catarina. As faixas etárias adulta e infantil foram definidas em virtude destes grupos terem sido mais atingidos em 2019 pelo sarampo.

Meta é vacinar quase três milhões de crianças

Para 2019, o Ministério da Saúde definiu como meta a vacinação de 2,6 milhões de crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões de adultos. Foram adquiridas mais de 60 milhões de doses da vacina tríplice viral que serão distribuídas pelo país.

“As crianças menores de cinco anos, em especial, precisam de mais atenção porque correm um risco maior de desenvolver complicações, como cegueira, encefalite, diarreia, infecções no ouvido e podem até morrer em decorrência do sarampo”, frisa a diretora de Vigilância Epidemiológica em Santa Catarina, Maria Teresa Agostini.

De acordo com a estimativa do Ministério da Saúde, Santa Catarina precisa vacinar, nesta fase, cerca de 420 mil pessoas. De acordo com a gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, é importante lembrar que adultos até 29 anos precisam ter tomado duas doses da vacina ao longo da vida. “Caso não tenham tomado, não lembrem ou não tenham mais a carteirinha de vacinação, a recomendação é ir até uma unidade de saúde para atualizar a situação vacinal”, esclarece.

A doença

Sarampo é uma doença viral, extremamente contagiosa. O vírus se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros e pode ficar até duas horas no ambiente. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado.

A única forma de se prevenir é com a vacinação. Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados.