Nascidos em abril podem receber saque-aniversário

Modalidade possibilita retirar parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário. Em troca, o trabalhador não poderá sacar o valor depositado pela empresa em caso de demissão sem justa causa, apenas a multa rescisória.
Foto: Marcello Camargo/Agência Brasil

A partir desta segunda-feira, 1º, os trabalhadores nascidos em abril que optarem pelo saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começam a ter acesso à cota deste ano.

O período para saque começa no primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador e os valores vão ficar disponíveis até o último dia útil do segundo mês subsequente. Caso o dinheiro não seja retirado no prazo, volta para as contas do FGTS em nome do trabalhador.

A modalidade possibilita retirar parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário. Em troca, o trabalhador não poderá sacar o valor depositado pela empresa em caso de demissão sem justa causa, apenas a multa rescisória.

Em dezembro de 2023, o governo federal anunciou planos de mudar a regra para permitir o saque do saldo total da conta nas demissões sem justa causa, como ocorre com quem não aderiu ao saque-aniversário.