Colégio Stella Maris completa 110 anos nesta segunda

A entidade particular de ensino foi fundada em 1911 pelas irmãs Benvenuta Rohling, Cupertine Beiler e Erhardine Belli. O trio de fundadoras iniciou as atividades da instituição escolar no prédio onde hoje funciona a Biblioteca Municipal, com apenas 62 estudantes. Dali migrariam, em 1926, para a sede atual, no bairro Magalhães.
Divulgação/CSM
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,316 visualizações,  4 views today

Mais antiga escola em atividade em Laguna, o Colégio Stella Maris comemora 110 anos nesta segunda-feira, 3. A centenária instituição de ensino faz parte da Sociedade Divina Providência, que também celebra a mesma idade em novembro e é administradora de outros colégios, como o São José (Tubarão), além de hospitais e centros infantis em Santa Catarina.

A entidade particular de ensino foi fundada em 1911 pelas irmãs Benvenuta Rohling, Cupertine Beiler e Erhardine Belli. O trio de fundadoras iniciou as atividades da instituição escolar no prédio onde hoje funciona a Biblioteca Municipal, com apenas 62 estudantes. Dali migrariam, em 1926, para a sede atual, no bairro Magalhães.

Toda a existência do Stella Maris é baseada em uma missão definida como sendo a de “desenvolver um processo educacional de crescimento e de realização humana, alicerçado nos princípios éticos, cristão e no carisma das irmãs da Divina Providência, em vista da formação do ser humano, capacitando para construir um mundo melhor”.

Ao longo destes 110 anos, o educandário se firmou como um dos principais da cidade, tendo seu legado se baseado em décadas de formação para centenas de lagunenses. Desde 2017, a escola executa uma série de melhorias físicas, o que incluiu uma nova área de lazer e brincadeiras para os alunos da educação infantil, além de uma série de modernizações pedagógicas. Atualmente, a escola é composta por cerca de 500 alunos.

Notícias relacionadas