Reprodução/Difusora

Após ter sido prefeito de Laguna e almejando ser eleito no município bravense, Everaldo dos Santos, da coligação Juntos por Pescaria Brava (PDT/PSDB/PSD/PSL), foi o segundo entrevistado do programa Senadinho da Difusora, voltado à mais jovem cidade da Amurel. A atração foi ao ar pela Rádio Difusora de Laguna na noite de sexta-feira, 9, com retransmissão online pelo Portal Agora Laguna.

Lembrando ter origens na cidade, Santos contou no programa que ainda na época em que pertencia ao então PMDB havia possibilidade de ele ter sido lançado como candidato a prefeito na primeira eleição em 2012, mas que por análises políticas, o partido preferiu lançá-lo como candidato ao Executivo de Laguna.

O pedetista revelou que já faz conversas com representantes federais e estaduais na ideia de arrecadar recursos para elencar as primeiras ações caso venha a ser escolhido pela população da cidade. “Vamos trabalhar em cima da geração de empregos, ou seja, atrair empresas. Fazer com que o município tenha área industrial. Vamos trabalhar em cima do Plano Diretor, e delinear onde é área urbana, rural e industrial”, projeta.

Ao citar obras, previu a construção de três unidades de saúde, escolhendo Barreiros como a principal comunidade para receber um destes postos. Santos manteve discurso voltado à infraestrutura elencando uma escola e um centro de educação infantil para Ponta de Laranjeiras e a pavimentação “Não [vamos fazer] obras um mês ou dois meses antes das eleições. Entendemos que as obras têm começar já no início do governo. Obras importantes, relevantes”, justifica.

O pedetista também criticou a cobrança do imposto predial (IPTU) e falou sobre uma condenação judicial que lhe suspendeu os direitos políticos devido à uma nomeação de secretário no primeiro ano de governo em Laguna. Na época, Santos indicou o ex-vereador Orlando Rodrigues (PSD) para a vaga de gestor de Obras, mas a Justiça entendeu em 2019 que isso não poderia ocorrer. “Confio na Justiça. Foi interposto um recurso no tribunal. A justiça tarda mas não falha. Eu estou muito confiante, até porque não houve dolo”, responde.

Everaldo dos Santos tem como candidata a vice, Adriana Maria Jonck (Adriana Honorato), do PSDB. Essa é a nona eleição que ele disputa – a primeira no município bravense. Anteriormente, foi vereador em Laguna por quatro mandatos e prefeito da cidade juliana por quatro anos.

Senadinho da Difusora

Senadinho da Difusora vem sendo apresentado com enfoque nas eleições municipais de novembro. Nesta segunda-feira, 12, o programa entrevista o candidato a prefeito de Laguna, Samir Ahmad (PSL).