Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Quatro detentos, que cumprem pena na Unidade Prisional Avançada (UPA), tiveram resultados positivos para contaminação pelo novo coronavírus, detectada em testes rápidos realizados na última semana. A informação foi confirmada pela direção do estabelecimento prisional.

Segundo a administração da UPA, os presos que chegam são colocados em quarentena por pelo menos sete dias e se não apresentarem nenhum sintoma característico de Covid-19, doença respiratória causada pelo vírus, eles são colocados em prisão comum. Ao menos 20 presos foram testados.

“Eles já tinham feito a quarentena e a gente poderia alocá-los, mas em parceria com o município, resolvemos testá-los antes de alocar. Desses 20 presos, quatro deram positivo. E esse positivo deles já não transmite mais, porém a gente adotou uma precaução maior e mesmo assim resolvemos colocar mais sete dias [de isolamento]”, explicou o diretor Milton Rech, que também disse não ter havido teste positivo entre os funcionários do sistema prisional.

Esposas desses presos procuraram a Redação do Portal Agora Laguna para a contar a situação e questionaram o motivo de, supostamente, eles não terem sido citados no boletim da prefeitura. Por telefone, a secretária Valéria Olivier esclareceu que os detentos entraram para a estatística de casos da cidade. “Eles vão aparecer como pessoas moradoras do bairro onde a UPA está, já que passa a contar o endereço do presídio como local de residência”, detalhou.