Desaparecido é localizado, recebe corte de cabelo e família consegue contato

Um dentista, que prefere se identificar apenas como 'Boto amigo', conversou com o rapaz e depois de entender toda a história propôs um corte de cabelo.
Divulgação

Se tudo ocorrer conforme o combinado, a família de Roni Silva deve reencontrá-lo nesta semana. O criciumense, 38 anos, estava desaparecido desde o começo de abril, como noticiado por Agora Laguna, tendo sido visto pela última vez na Vila Vitória.

Até este final de semana essa era a situação de Roni, que foi encontrado por um voluntário social. Um dentista, que prefere se identificar apenas como ‘Boto amigo’, que conversou com o rapaz e depois de entender toda a história propôs um corte de cabelo.

“Minha intenção é apenas ajudar, promover o bem. É ajudar o próximo, levar um pouco de alegria para pessoas em situação de rua”, diz o profissional. Diz o barbeiro que o criciumense afirmou que voltaria para casa e buscaria tratamento.

Ao Portal, familiares contaram que após cerca de três meses tinham conseguido contato com ele por meio de terceiros há algumas semanas. Segundo eles, Roni, que não tem celular, é dependente químico há cerca de 20 anos e não é a primeira vez que desaparece ou para de dar notícias à família. A esposa do criciumense também fez contato com nossa redação e está envolvida em levá-lo novamente a Criciúma.