Polícias Civil e Militar intensificam ações de combate à dengue em Laguna

Policiais civis juntamente com os agentes de endemias foram envolvidos no amplo trabalho de fiscalização, abrangendo caixas d’água, calhas, terrenos e outros locais críticos que demandam atenção especial. 
Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da 18ª Delegacia Regional de Laguna, está tomando medidas proativas em resposta à situação de emergência em saúde pública enfrentada pelo Estado, principalmente devido ao aumento de casos de dengue.

Compreendendo a gravidade da situação e a necessidade urgente de prevenção e controle, a DRP implementou ações ostensivas de fiscalização em suas instalações. Policiais civis juntamente com os agentes de endemias foram envolvidos no amplo trabalho de fiscalização, abrangendo caixas d’água, calhas, terrenos e outros locais críticos que demandam atenção especial.

A fiscalização da Vigilância Sanitária e dos agentes de endemias, vinculados à Vigilância Epidemiológica, desempenharam papel crucial nessas ações preventivas. De acordo com a titular da 18ª DRP de Laguna, delegada Vivian Selig, com essas ações a Polícia Civil de Santa Catarina espera contribuir significativamente para a redução dos riscos associados à dengue, bem como incentivar a comunidade a se juntar a este esforço coletivo, destacando a responsabilidade compartilhada na luta contra essa grave ameaça à saúde pública.

Polícia Militar

O 28º Batalhão de Polícia Militar de Laguna também realizou recentemente uma importante ação para combater a dengue dentro do quartel. Esta iniciativa se estendeu em todos os batalhões do Estado de Santa Catarina.

“Nosso objetivo foi verificar possíveis focos de dengue e tomar medidas preventivas imediatas. Juntos, estamos protegendo nossa comunidade e promovendo um ambiente mais seguro para todos”, disse a instituição nas redes sociais.

Divulgação/PM

Notícias relacionadas