Família de Diego Scott será indenizada pelo Estado, decide Justiça

"A presente sentença já serve como reconhecimento judicial de que o Estado é responsável, na esfera cível, pelos danos comprovados pelos autores quanto às condições do desaparecimento de Diego Bastos Scott", diz um trecho do despacho judicial, obtido pelo Portal Agora Laguna.
Arquivo familiar

A Justiça de Laguna determinou que o governo do Estado pague indenização para Alexsandra Joaquim e Miguel Scott, esposa e filho de Diego Bastos Scott, desaparecido aos 39 anos em janeiro de 2021 e até o momento não localizado.

A decisão foi assinada nesta sexta-feira, 22, pelo juiz substituto Wilyann Wallace de Souza, da 2ª Vara Cível da Comarca de Laguna.

“A presente sentença já serve como reconhecimento judicial de que o Estado é responsável, na esfera cível, pelos danos comprovados pelos autores quanto às condições do desaparecimento de Diego Bastos Scott”, diz um trecho do despacho judicial, obtido pelo Portal Agora Laguna.

O governo terá de pagar R$ 50 mil a título de reparação por danos morais e dois terços de salário mínimo vigente por mês para Alexsandra e Miguel. Os pagamentos devem ocorrer retroativos ao mês de janeiro de 2021. O recebimento da indenização terá validade até que o filho atinja 25 anos e, para a esposa, até o marco que Diego faria 73 anos.

Outro lado

Portal solicitou contraponto ao governo estadual. Até a última atualização, não havia sido enviado nenhum posicionamento.

Notícias relacionadas