Áudios entre deputado e ex-prefeito expõem racha: ‘Não se faz nem com inimigo’

Everaldo dos Santos, que governou o município entre 2013 e 2016, na época pelo MDB, era cotado para assinar ficha de filiação no fim de semana ao partido, mas não realizou o procedimento.

Uma série de áudios que circulam em grupos de aplicativos de mensagens tornaram público discussões internas do partido União Brasil, que no sábado, 23, realizou um evento de filiações na Praia do Sol. As gravações são de conversas entre o ex-prefeito Everaldo dos Santos (ex-PDT) e o deputado estadual Sérgio Guimarães (União), presidente da legenda em Laguna.

Santos, que governou o município entre 2013 e 2016, na época pelo MDB, era cotado para assinar ficha de filiação no fim de semana ao partido, mas não realizou o procedimento. O vereador Rhoomening Rodrigues (ex-PSDB) também teve o ingresso no União anunciado, mas a ida não se confirmou.

“Sabes muito bem e sempre fui muito transparente. No mínimo tem que me respeitar e dar retorno. Sempre digo: ‘gratidão acima de tudo’. Minha trajetória é um livro aberto e transparente”, disse o ex-prefeito nos áudios. Ouça a íntegra acima.

“O que tu fez conosco, não se faz nem com adversário, nem com inimigo”, afirmou o deputado. “Para mim, o assunto está morto, enterrado e resolvido”, pontuou.

O que dizem os envolvidos

Agora Laguna procurou ambos para comentarem o assunto. Segundo o ex-prefeito, a gratidão que possui por Guimarães se refere ao trabalho desempenhado pela cidade com a destinação de um série de emendas parlamentares para o município. “Não tenho a obrigação de ir para um partido sem vereador, mas ainda estou analisando e pode ser que eu vá. Pedi apenas um pouco mais de tempo para pensar”, afirmou.

Já Sérgio Guimarães disse que não retira uma palavra do que foi falado nos áudios. “O que ele fez conosco, não se faz. Respeitamos o Everaldo enquanto sofreu o acidente e [nesse período] não movimentamos o partido porque o queríamos no União Brasil; queríamos, no passado. Estamos formando uma nominata com pessoas do bem, sérias, que querem o melhor para a cidade de Laguna. Fomos leais e verdadeiros, sem ter retorno”.

Notícias relacionadas