‘Se cumprir toda minha missão, não faz mais sentido’, diz Samir, sobre reeleição

Prefeito também foi questionado sobre qual partido deve se filiar, mas deixou a pergunta em aberto. No segundo semestre do ano passado, ele deixou o Republicanos e atualmente não possui filiação partidária.

Considerado pré-candidato natural à reeleição, o prefeito Samir Ahmad (sem partido) disse, na manhã desta segunda-feira, 22, que pode abrir mão da disputa eleitoral de outubro se entender que todos os objetivos traçados na campanha de 2020 foram atingidos. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Difusora.

Ahmad também foi questionado sobre qual partido deve se filiar, mas deixou a pergunta em aberto. No segundo semestre do ano passado, ele deixou o Republicanos e atualmente não possui filiação partidária. Caso queira disputar em outubro, ele deve ingressar em uma legenda até abril de 2024. Ouça a entrevista no vídeo acima.

“Meu objetivo na prefeitura sempre foi fazer essa transformação que estamos vivenciando”, afirmou. Na sequência, para embasar a resposta, citou dados da geração de empregos na cidade, obras na infraestrutura do Mar Grosso e investimentos, como a escola do Estreito, cuja previsão de entrega é para março.

O prefeito ainda completou que tem planos de revitalizar o estádio municipal e destacou o turismo, com as vindas constantes da maria-fumaça. “Se der tudo certo e completar a missão, talvez não precise disputar e ficar mais quatro anos na prefeitura”, completou. Ao ouvir a resposta, voltou a ser questionado se não disputaria e respondeu: “Se completar toda a missão, não faz mais sentido. Vamos lutar para completar, terminar todas as obras”.

Notícias relacionadas