Projeto para restauro da estação tem previsão de entrega para fevereiro

Segundo o Museu Ferroviário de Tubarão, com as melhorias será possível planejar mais viagens de maria-fumaça para a cidade. Atualmente, são 250 passageiros que viajam nos vagões, com turistas de diversos lugares de Santa Catarina e do Brasil.
Foto: André Luiz/Agora Laguna

O projeto de restauro da estação ferroviária de Cabeçuda tem previsão de conclusão para o dia 20 de fevereiro, informaram técnicos da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) em reunião recente com os entes envolvidos no processo.

A elaboração da planta para as intervenções é necessária para que a prefeitura licite o serviço antes das barreiras legais por ser um ano eleitoral. O governo municipal é o atual detentor do uso do local, abandonado há pouco mais de dez anos.

“O projeto de reforma feito pela Amurel está 98% pronto. Dia 20 de fevereiro é o prazo dado para que o projeto completo e finalizado chegue até nós”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico, Natanael Wisintainer.

Laguna recebeu R$ 650 mil, através das Transferências Especiais Voluntárias (TEVs), do governo do Estado, para aplicação na reforma.

Segundo o Museu Ferroviário de Tubarão, com as melhorias será possível planejar mais viagens de maria-fumaça para a cidade. Atualmente, são 250 passageiros que viajam nos vagões, com turistas de diversos lugares de Santa Catarina e do Brasil.

Os passeios para Laguna com visitação ao Centro Histórico devem retomar a partir do mês de abril, com melhorias paliativas para que o desembarque de passageiros seja feita de forma segura até que haja definição sobre as obras de restauro.

Notícias relacionadas