Novo comandante assume Capitania

Organização militar tem como objetivo contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha, na sua área de jurisdição, como orientar, coordenar e controlar as atividades relativas à marinha mercante e organizações relacionadas, em sua área de atuação.

O 38º comandante da história da Capitania dos Portos em Laguna foi investido no cargo em cerimônia, na manhã desta sexta-feira, 26. Capitão de corveta do quadro técnico, Francisco José Siqueira Ferreira substitui Enéas Costa Cruz, que segue para Brasília (DF), onde atuará junto ao comando militar da Marinha do Brasil.

O novo comandante é natural do Ceará, mas com carreira feita no meio militar a partir do Rio de Janeiro. “Extremamente feliz por estar em uma cidade tão acolhedora, que já conhecida desde outubro. Serão dois anos de muito trabalho em prol de uma das balizas nossas, inafastável, que é a segurança da navegação aquaviária. Estou empolgado e ciente das minhas responsabilidades ao timão da DelLaguna”, comenta.

O ex-comandante agradeceu a hospitalidade da cidade. “Eu e minha família gostamos muito da cidade, um povo muito hospitaleiro, fiz vários amigos e consegui cumprir com êxito, graças ao bom Deus, a missão da Marinha que é salvaguardar a vida humana no mar no Sul de Santa Catarina”, avalia.

A organização militar tem como objetivo contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha, na sua área de jurisdição, como orientar, coordenar e controlar as atividades relativas à marinha mercante e organizações relacionadas, em sua área de atuação.

A unidade da cidade juliana surgiu em 1920 como Capatazia de Laguna e foi elevada à categoria de agência em 14 de setembro de 1923, data em que lembra como aniversário de criação. Nessa condição inaugurou em 1940 sua atual sede e mais recentemente em 1993 foi classificada para se tornar uma delegacia dos portos.

Notícias relacionadas