Fiscalização flagra manipulação de pescados irregular em Pescaria Brava

Alimentos apreendidos foram considerados impróprios para o consumo e não podem ser doados. Nomes dos locais não foram divulgados.
Divulgação/PC

Uma operação de fiscalização resultou na descoberta de irregularidades graves na manipulação de pescados em dois estabelecimentos na região de Imaruí e de Pescaria Brava. Os nomes não foram divulgados.

A ação envolveu fiscais da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e a Polícia Civil. Alimentos encontrados foram considerados impróprios para o consumo.

Segundo a Cidasc, entre as principais irregularidades constatadas durante a fiscalização: ausência de registro tanto no serviço de inspeção sanitária quanto na Vigilância Sanitária. Mesmo sem documentos, os estabelecimentos estavam beneficiando e comercializando pescados de forma irregular.

Outras falhas encontradas foram a falta de controle sobre a origem dos pescados, a emissão inadequada de dejetos sem os devidos cuidados ambientais, ausência de higiene nas instalações e o uso de água imprópria para a limpeza dos produtos.

Os locais foram imediatamente interditados e aproximadamente 15 toneladas de pescados foram apreendidas pelas autoridades competentes.