Projeto para permitir desembarque de passageiros em Cabeçuda deve ser concluído em 30 dias

Planta em estudos inclui sinalização, acessibilidade para cadeirantes, piso tátil para deficiente visual, pintura da estação de forma paliativa, jardinagem, iluminação, recuo para ônibus e faixa de pedestre.
Divulgação/MFT

O projeto de recuperação da plataforma da estação ferroviária de Cabeçuda deve ser concluído em pelo menos 30 dias. A data foi mencionada na segunda-feira, 10, em reunião na prefeitura de Laguna, que tratou sobre o tema. A possibilidade de uso do local como área para desembarque de passageiros do trem turístico é vista como um avanço e aguardada com ansiedade pelo Museu Ferroviário de Tubarão.

A planta em estudos inclui sinalização, acessibilidade para cadeirantes, piso tátil para deficiente visual, pintura da estação de forma paliativa, jardinagem, iluminação, recuo para ônibus e faixa de pedestre. “O trem está movimentando toda região de Laguna com a chegada e partida de trens todos os finais de semana”, ressalta o representante do museu, Jefferson Vitorino. Por viagem, em média, são 270 passageiros.

“O projeto fica pronto em 30 dias praticamente”, prevê o secretário Natanael Wisintainer, do Desenvolvimento Econômico (SDE). O tema voltará a ser tratado no próximo dia 26, em uma reunião com representantes da Ferrovia Tereza Cristina (FTC), que precisam também dar aval à iniciativa. “Precisamos fazer o quantitativo do valor e na sequência fazer a licitação para a obra”, descreve, sobre os próximos passos a serem adotados. Apesar do movimento de resgate, a estação não poderá ser usada e a reforma do prédio em si ficará para um etapa posterior.

Passeio em agosto será experimental

A próxima viagem de maria-fumaça será dia 20 de agosto. A diferença é que esse roteiro incluirá um tour experimental pela cidade juliana. Segundo o Museu Ferroviário, após o desembarque em Laguna, será oferecido um translado de ônibus até o Centro Histórico e os passageiros poderão conferir os pontos turísticos, incluindo feira de artesanato na praça Vidal Ramos. O roteiro não inclui almoço e é uma amostra para saber se será bem aceito, isso porque faz parte dos estudos para ampliação das viagens.

A viagem começa às 8h30, em Tubarão, com duração de 1h20 aproximadas na ida, com apresentação de músicos, teatro e serviço de bordo com a venda de bebidas e outros produtos. O retorno do trem para Tubarão acontece às 14h. As passagens custam: R$ 119 para crianças de 6 a 11 anos (até 5 anos, viajando no colo, não paga) e R$ 179 para adultos (tarifa única). Os tickets são adquiridos no telefone (48) 9 8868-1414.