MDB de Laguna terá ex-vereador Thiago Duarte como presidente

Eleição aconteceu neste sábado, 15, no plenário da Câmara de Vereadores de Laguna após partido ter ficado dois anos sem mudança na direção.

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) elegeu, neste sábado, 15, o ex-vereador Thiago Alcides Duarte, como novo presidente do diretório municipal de Laguna. O advogado vai substituir o ex-procurador Antônio Luiz dos Reis, que estava no cargo desde 2019 e permaneceu em virtude de a Executiva estadual do partido ter decidido pela ampliação da vigência dos mandatos dos diretórios em 2020 e 2021. A votação aconteceu entre 13h e 17h, no plenário da Câmara de Vereadores, e contou com a participação de 219 filiados.

A chapa liderada por Duarte, com Airton Moraes de vice, teve 150 votos e derrotou a composição montada pela vereadora Deise Cardoso, que tinha o ex-secretário de Obras, Hector Candemil como vice. A dupla recebeu 68 votos e um filiado votou em branco. “É um desafio muito grande comandar a maior agremiação partidária do município, com 1,2 mil filiados, três vereadores e o que mais elegeu prefeitos na história de Laguna. O grande desafio é fortalecer uma chapa e ter candidatura própria a prefeito”, disse Duarte, no sábado.

Após a votação, Deise encaminhou um segundo pedido de impugnação da chapa eleita com uma série de apontamentos jurídicos – o novo presidente diz estar tranquilo. O requerimento ainda passará por análise. “São várias irregularidades no registro da chapa contrária e nós vamos analisar isso no decorrer das questões jurídica e partidária”, explica a vereadora.

O MDB de Laguna conta com mais de 1,2 mil filiados e soma três vereadores no Legislativo municipal. O partido já governou o município por quatro mandatos, desde a sua primeira fundação na segunda metade da década de 1960. A nominata completa do novo diretório deve ser divulgada em até cinco dias, depois de efetuados os cálculos de proporcionalidade, como prevê o estatuto partidário.

Thiago Duarte é um dos pré-candidatos para 2024

Apontado como pré-candidato a prefeito na eleição municipal de 2024, Duarte é advogado e foi vereador entre 2013 e 2020, quando renunciou ao cargo em virtude da prisão no contexto da segunda fase da Operação Seival, em setembro daquele ano, o que o tirou da disputa eleitoral, onde era o vice-candidato de Mauro Candemil.

Embora não confirme a pré-candidatura, o político tem aparecido ao lado de autoridades estaduais nos últimos meses, sobretudo de Mauro De Nadal (MDB), deputado estadual que preside a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Além de Duarte, o MDB tem outros três nomes cogitados para uma candidatura própria à prefeitura, fato que é tratado com prioridade na direção interna. São eles: Hirã Ramos, presidente da Câmara; Mauro Candemil, ex-prefeito; e Deise Cardoso.

Os dois oponentes, Thiago e Deise, durante a apuração dos votos. Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna