Bebê ganha alta e se recupera em casa, conta pai

Criança passou por cirurgia na última semana após ter sido abusada pelo padrasto, preso em flagrante pelo crime. Justiça determinou que guarda ficará com pai até fim das investigações.
Foto: Myriams-Fotos/Pixabay/Ilustrativa

Quase uma semana depois de ser internada em estado grave após ser abusada pelo padrasto, a bebê de um ano já ganhou alta e está em casa. A informação foi confirmada ao Portal Agora Laguna pelo pai biológico da criança, que pediu para não ser identificado em virtude do sigilo das investigações sobre o caso.

A menina passou por uma cirurgia em hospital de Criciúma na última sexta-feira, 21. Funcionários da casa hospitalar estranharam e acionaram a polícia por um possível caso de estupro, que foi confirmado pela perícia realizada.

“Ela recebeu alta, está em casa e tomando a medicação receitada. Nos próximos dias e semanas retorna aos médicos para ver seu estado. No geral está bem, segura e receberá todo o amor que merece”, disse o pai. “Queria deixar claro o agradecimento à polícia que foi rápida e aos profissionais do hospital de Criciúma”, completa.

A guarda da criança era compartilhada com a mãe, porém até que as investigações sejam concluídas, o direito permanecerá apenas com o progenitor. Ainda de acordo com ele, somente a investigação policial em condução poderá responder se a menina já havia sofrido abuso em outras ocasiões.

O padrasto tem 27 anos e estava junto com a mãe há dois meses. Ele foi preso em flagrante no momento em que a perícia atestou, segundo o delegado William Testoni, que “não havia chances de não ter sido um ato sexual”. Em audiência de custódia, a prisão foi mantida pela Justiça. O inquérito policial deve ser finalizado na sexta-feira, 28.