Ave ferida por chumbinho é resgatada pelo PMP

Divulgação/PMP-BS/Udesc
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 712 visualizações,  4 views today

Equipes do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) coordenado pela Udesc, realizaram no último mês o resgate de uma ave ferida por chumbinho.

Segundo o PMP, a gaivota (larus dominicanus) precisou ser encaminhada à Unidade de Estabilização de Fauna Marinha, em Laguna. Um exame de raio-x foi realizado o que possibilitou que o projétil fosse detectado.

O chumbinho estava alojado numa das asas, o que impede ela de alçar voo, além da dor que isso produz. “A equipe veterinária está tratando o animal, que foi imobilizado e medicado. Deve permanecer em observação e tratamento até a calcificação dos ossos para uma possível remoção do projétil”, diz o comunicado do PMP.
Este não é o primeiro caso de aves feridas com chumbinhos no corpo na região de Laguna.
Foto: PMP-BS / Divulgação

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no polo pré-sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato com o projeto pelo telefone 0800 642 3341.

Previous
Next