Divulgação/Cufa Laguna

Mais de mil pessoas devem ser beneficiadas em Laguna com o projeto Mães da Favela ON, lançado no final de setembro pela direção nacional da Central Única das Favelas (Cufa) para levar conectividades a brasileiros em situação de vulnerabilidade social. Cada pessoa contemplada receberá um chip de celular com benefícios que permitem acesso gratuito à telefonia e à internet por seis meses.

A Cufa considera que esse é o maior projeto de conectividade social já desenvolvido no Brasil e a meta é ter alcançado 2 milhões de brasileiros até julho do próximo ano. Para garantir o sucesso da ação, a entidade conseguiu parceria com a operadora telefônica TIM Brasil, que cede os chips. A iniciativa também tem a intenção de disponibilizar 150 pontos de internet gratuito, que serão instalados pela Comunidade Door em grandes centros, distribuídos pelos 26 estados e mais o Distrito Federal.

O Mães da Favela ON, foi criado após a entidade ter recebido relatos das mães sobre as dificuldades corriqueiras e as impostas pela crise sanitária do novo coronavírus. Uma delas, é a impossibilidade de seus filhos conseguirem se adequar ao ensino remoto por não terem os equipamentos necessários ou internet disponível para as aulas.

“Vamos proporcionar para mulheres e seus filhos o acesso à internet nesse tempo de pandemia. Infelizmente, são 46 milhões de pessoas só no Brasil sem acesso à internet e dessa forma, muitas crianças e adolescentes vão poder fazer suas atividades escolares com esse acesso”, comemora Vinícius Billy, que coordena a entidade em Laguna.

chip permite acesso diário a WhatsApp gratuito, ligações para todo o Brasil e para qualquer operadora, além de 1 GB e 24 horas de internet controlada para acesso a conteúdos de educação, negócios e cultura, sob curadoria feita pela Unesco. Esse plano tem validade por seis meses e após o período, a pessoa pode adquirir um plano do programa Alô Social, a preços simbólicos.

O cadastro para receber os chips permanece ativo. O público-alvo da ação são as mulheres, que residam em locais que estejam em situação de vulnerabilidade social. Para fazer a inscrição, basta entrar em contato com a Cufa Laguna pela rede social Instagram (@cufalaguna), Facebook ou por este e-mail.

Mães da Favela

O projeto Mães da Favela foi lançado em abril, dentro de ações do programa Cufa Contra o Vírus. De acordo com a entidade, a ideia era amenizar os impactos do isolamento social e econômico para milhões de mães solo moradoras de favela de todo o Brasil.

O trabalho foi focado nas mães porque são as pessoas que têm maior quantidade de responsabilidade dentro de uma residência e, nas favelas, muitas dessas são chefes de lares, estão com os filhos fora da escola e, de alguma forma, perderam os meios de sobrevivência em função da crise. Já o Mães da Favela ON tem apoio da Cufa, TIM, da empresa Alo Social e Comunidade Door.