Divulgação

Com uma população idosa composta por 1,6 mil pessoas aproximadamente, a cidade de Pescaria Brava começou, em agosto, a fazer testes em massa nesse grupo populacional em indivíduos acima de 60 anos. O objetivo é ter um panorama da contaminação do novo coronavírus nessa faixa etária.

Números cedidos pela Secretaria de Saúde de Pescaria Brava ao Portal Agora Laguna, informam que em 10 dias (de 4 de agosto a 14 de agosto) foram aplicados 1.041 testes, com 56 resultados positivos e 985 negativos.

“Já alcançamos praticamente 65% de cobertura e a meta é que sexta-feira consigamos testar em massa todos os idosos do município”, prevê o gestor Henrique Castro, de Pescaria Brava.

A microrregião do bairro Km-37 é a localidade em que houve maior número de idosos contaminados pela doença com 23 resultados positivos. As outras são as de Laranjeiras (205 testes, cinco positivos), Barreiros (382 testes, 19 positivos) e Sertão (146 testes, nove positivos).

Os kits de testagem foram comprados pela prefeitura com recursos que vieram do governo federal, através do consórcio regional de saúde. Ao final da ação, Pescaria Brava terá aplicado 2 mil testes rápidos de coronavírus, o que representa 20% do total de habitantes do jovem município – segundo o IBGE (2019), a cidade tem 10.091 moradores.

O município de Pescaria Brava tem 289 casos confirmados, sendo que 50 estão em tratamento e 246 estão recuperados. Três pessoas morreram em decorrência do vírus na cidade.