Divulgação/PC-SC

Células de uma facção criminosa atuante em Santa Catarina são alvos de uma grande operação deflagradas nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 3, pela Polícia Civil, que cumpre mandados em 15 cidades catarinenses e em mais dois estados. São mais de cem ordens judiciais expedidas, incluindo uma de busca e apreensão em Laguna.

O grupo é ligado ao tráfico de drogas no estado e também é suspeito de envolvimento em crimes como homicídios, roubos de veículos de luxo, imóveis, e crimes contra o sistema financeiro. São cumpridas mais de 100 ordens judiciais em 15 cidades catarinenses e em outros dois estados.

A Polícia Civil detalhou que investigação começou a partir do aumento da violência na região da comunidade de Monte Verde, em Florianópolis, em 2018. O transporte de materiais ilícitos feito pelos investigados aconteciam como uso de vários meios, incluindo helicóptero, segundo a corporação.

Os trabalhos foram denominados de Scurra e são coordenados Delegacia de Combate às Drogas (Decod) da polícia de Florianópolis. Em Laguna, o mandado foi cumprido pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) em uma residência no bairro Cabeçuda.

Mandados

A partir da análise de mensagens telefônicas obtidas pelo setor de investigação, a polícia pôde mapear as ramificações da organização pelo estado. Os mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos nas cidades de Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Porto Belo, Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Navegantes, Blumenau, Itajaí, Tubarão, Laguna e Rio Fortuna. Fora do estado, há ordens sendo cumpridas em São José dos Pinhais, no Paraná, e Naviraí, no Mato Grosso do Sul.