Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

A partir da próxima segunda-feira, 18, começa a ser creditada a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 pela Caixa Econômica Federal. A informação foi anunciada na quinta-feira, 14, pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, durante a transmissão ao vivo em rede social semanal feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 15, às 15h, vai detalhar o calendário de pagamento.

“Começamos na segunda e faremos toda a questão via mês de nascimento, exatamente para que nós tenhamos uma tranquilidade maior no pagamento. Amanhã [sexta-feira] a gente detalha”, disse Guimarães, durante a live.

O auxílio foi criado para permitir que as pessoas tenham uma renda básica emergencial durante três meses, visando amenizar o impacto econômico das medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Os R$ 600 são pagos a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.

As estatísticas da Caixa apontam que cerca de 50 milhões de pessoas estão cadastradas no programa. Guimarães também informou que o banco irá oferecer gratuitamente uma conta digital para todos os beneficiários do auxílio emergencial. Antes do anúncio, a instituição tinha aberto contas digitais apenas para pessoas cadastradas que não tinham conta informada.