Vídeo: Panelaço contra Bolsonaro é registrado em Laguna

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 432 visualizações,  4 views today

Durante o pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), alguns lagunenses expuseram seu descontentamento com um ‘panelaço’. O protesto de Laguna acompanhou a manifestação que ocorreu simultaneamente nesta quarta-feira, 18, em diversas cidades do Brasil.

Moradores de casas e apartamentos bateram panelas, gritaram palavras de ordem e piscaram as luzes de suas residências. A manifestação sonora, com gritos de “fora, Bolsonaro”, foi convocada por movimentos de esquerda. No Brasil, capitais como Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR), foram algumas que registraram gritos e panelas batendo.

Em algumas cidades, após o panelaço foi reproduzida a música italiana ‘Bella ciao’, símbolo dos movimentos de resistência da Itália que foi usada na luta contra o fascismo, de Benito Mussolini, durante a Segunda Guerra Mundial. Os vídeos enviados a redação de Agora Laguna foram gravados no Magalhães e Mar Grosso.

Esse foi o segundo dia consecutivo de protestos contra o posicionamento do presidente perante a pandemia de coronavírus (Covid-19), principalmente após ele ter descumprido as ordens de isolamento e se aproximado de um grupo de manifestantes no último domingo, 15, em Brasília. Bolsonaro esteve nos EUA recentemente e já fez dois testes, que deram negativo, para a presença de Covid-19 – o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), membro da comitiva do Planalto, testou positivo para a doença.

Protestos a favor do presidente

O protesto convocado por movimentos de esquerda aconteceu entre 19h e 20h30. Como resposta, grupos conservadores e de direita, que manifestam apoio ao presidente da República convocaram um panelaço de reposta.

As capitais Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), além de municípios como Niterói (RJ) e Santos (SP) foram algumas das cidades em que houve demonstrações de apoio ao presidente. A manifestação aconteceu imediatamente após o término do panelaço contra Bolsonaro.

O protesto em favor do governo foi embalado por gritos pró-presidente e pelo Hino Nacional Brasileiro. O Portal não teve conhecimento de manifestação a favor do presidente neste estilo em Laguna.

Mais cedo, em entrevista coletiva no Planalto antes das manifestações, Bolsonaro reconheceu a legitimidade de ambos os protestos: “Não interessa o que vier a acontecer. Qualquer manifestação popular nas ruas ou dentro de casa com panelaço nós, políticos, devemos entender como uma pura manifestação da democracia”.

Bolsonaro vê panelaço como ‘manifestação da democracia’. Foto: Foto: Carolina Antunes/Secom PR/ABr.

Previous
Next