Foto: Jornal de Laguna

O prefeito Mauro Candemil (MDB) nomeou seu novo chefe de gabinete trazendo de volta ao governo municipal o ex-secretário regional da ADR de Laguna, Luiz Felipe Remor. A nomeação está no Diário Oficial dos Municípios (DOM) e vale desde sexta-feira, 24.

“Qualquer convite ou nomeação é um desafio e eu assumi esta para poder ajudar o prefeito Mauro Candemil […] Ele sabe que sou de inteira confiança […] e para mim é um prazer poder trabalhar com ele”, comenta o novo chefe de gabinete, em conversa com a reportagem do Portal Agora Laguna, neste sábado, 25.

A aproximação do ex-secretário com o prefeito se tornou nítida no fim do ano passado, quando ele passou a ser visto em eventos organizados pela prefeitura, como a Corrida de São Silvelho, em dezembro, e também em diversas publicações de redes sociais, onde teceu sucessivos elogios às ações do governo Candemil.

Remor é uma figura conhecida da vida pública de Laguna. Foi secretário de Saúde na gestão de Everaldo dos Santos entre 2013 e 2016 e chegou a ser candidato a vereador pelo então PMDB em 2012, mas não foi eleito, porém ocupou como suplente uma cadeira no Legislativo por alguns períodos.

Com a eleição de Mauro Candemil em 2016, Luiz Felipe Remor assumiu o cargo de secretário regional da extinta ADR de Laguna e ficou na função entre 2017 e fevereiro de 2018, quando o órgão foi extinto pelo então governador Eduardo Moreira (MDB). Fez parte da administração do então Terminal Pesqueiro e foi gerente regional de Saúde na ADR.

Cargo estava vago desde 2017

Na atual gestão municipal, a função estava sem ocupante desde 2017. Quando assumiu o Executivo, Candemil nomeou Antônio Noel Navarro Monteiro que ficou no cargo até novembro daquele ano, quando pediu exoneração em virtude da Operação Seival, desencadeada pela Polícia Civil.

O chefe de gabinete é um cargo em comissão nomeado pelo prefeito municipal e atua como um ‘braço direito’ do chefe do Executivo e tem a missão de coordenar atividades de toda a equipe formada pelo político, mantendo a ordem e a organização em vários tipos de processos.

Em resumo, o chefe de gabinete faz controle, direção, orientação, planejamento e supervisiona as atividades de assessoramento do prefeito eleito. As atividades alcançam diversas competências, que vão desde administrativas até operacionais.