Mais próxima da Terra, superlua azul brilha no céu lagunense

Fenômeno inspirou uma das canções mais conhecidas do mundo, a Blue moon, famosa nas vozes de Frank Sinatra, Elvis Presley, Ella Fitzgerald e Billie Holiday. Apesar do nome, porém, a lua não ficará azul.
Foto: Adriana Vieira/@fotovieiraph/Agora Laguna

Quem olhou para o céu na noite desta quarta-feira, 30, viu que a Lua está mais brilhante e próxima da Terra. É o momento chamado de perigeu, favorecido pelo fato que o satélite natural tem uma órbita elíptica e não circular. O fenômeno também é conhecido como superlua azul e ocorre de uma a seis vezes ao ano, mas a proximidade varia.

Conforme especialistas, a maior aproximação entre Lua e Terra foi às 22h35 (horário de Brasília), quando o satélite natural estará a 357.181 quilômetros do planeta.

O fenômeno inspirou uma das canções mais conhecidas do mundo, a Blue moon, famosa nas vozes de Frank Sinatra, Elvis Presley, Ella Fitzgerald e Billie Holiday. Apesar do nome, porém, a lua não ficará azul.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a segunda lua cheia de agosto começa nesta quarta e vai até a próxima quarta, 6, quando o satélite vai para a fase minguante, às 19h21. A lua, entretanto, já começa seu processo de decrescer na quinta-feira, 31.

Notícias relacionadas