Novo bispo assume diocese em julho

Diocese de Tubarão faz 69 anos em 2023 e o cargo de bispo estava vacante desde março do ano passado.
Divulgação

O sétimo bispo da história da Diocese de Tubarão irá ser empossado oficialmente no próximo dia 2 de julho. Escolhido pelo papa Francisco, dom Adilson Busin era bispo auxiliar da arquidiocese de Porto Alegre (RS).

Busin é missionário da Congregação dos Padres Scalabrinianos e nasceu em Sarandi (RS), em 20 de maio de 1965. Ingressou em 1979 no seminário da Congregação dos Missionários de São Carlos (Scalabrinianos). Estudou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul e Teologia no Instituto Teológico São Paulo (Itesp) e foi ordenado presbítero em 9 de janeiro de 1993 e enviado ao Paraguai como animador vocacional e orientador espiritual no Seminário Nossa Senhora de Caacupe, em Ciudad del Este.

Dali, seguiu para Roma, onde fez mestrado em Ciências da Educação na Universidade Pontifícia Salesiana e depois exerceu diferentes funções na congregação no Brasil e também nos Estados Unidos até ser nomeado como bispo auxiliar da arquidiocese de Porto Alegre pelo papa, em 2016. A ordenação episcopal ocorreu em 30 de abril daquele ano, presidida pelo então bispo da diocese de Caxias do Sul, dom Alessandro Ruffinoni. A celebração foi realizada em Sarandi, e dom Adilson escolheu como lema “Servo e peregrino no amor”.

A celebração eucarística com a posse canônica vai ocorrer a partir das 15h, na Catedral Nossa Senhora da Piedade, em Tubarão. A Diocese de Tubarão faz 69 anos em 2023 e o cargo de bispo estava vacante desde março do ano passado.