Escolas de Laguna e Pescaria Brava terão laboratório maker; saiba o que é

Utilização da metodologia quer garantir que os alunos sejam protagonistas de sua trajetória escolar e façam atividades práticas relacionadas ao mundo contemporâneo.
Divulgação/SED-SC

Cinco escolas da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) de Laguna vão ser contempladas com um laboratório maker, espaço que oferece inúmeras ferramentas para o desenvolvimento de práticas de estimulação da criatividade dos estudantes. A distribuição dos equipamentos aos colégios contemplados em Santa Catarina começou no final de junho e será concluída até o final do ano.

O espaço será montado em 275 escolas estaduais, entre elas: Almirante Lamego e Ana Gondin (Laguna), Domingos Barbosa Cabral (Pescaria Brava), Annes Gualberto (Imbituba) e Maria Corrêa Saad (Garopaba). O Estado calcula investimento de R$ 67.436.878 milhões na aquisição dos equipamentos.

“O laboratório maker representa novas possibilidades de aprendizado com muita inovação e tecnologia. O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e nossos alunos precisam estar bem preparados para o futuro”, avalia a professora Renata Brunato, coordenadora de Educação de Laguna. De acordo com ela, as demais unidades da CRE devem receber o mesmo investimento “a partir do momento que as escolas receberem melhorias estruturais”.

A utilização da metodologia quer garantir que os alunos sejam protagonistas de sua trajetória escolar e façam atividades práticas relacionadas ao mundo contemporâneo. Para a assessora de direção e coordenadora do Novo Ensino Médio (NEM), Elenita Boa Hora Goulart, da escola Ana Gondin, a contemplação do colégio é “um marco para a história”.

“Muitas habilidades serão desenvolvidas, sobretudo a ação protagonista do aluno que será estimulado, através do conjunto de recursos da sala, a desafiar sua autonomia, criatividade e curiosidade. Ainda oportuniza a capacidade de trabalhar em grupo. Dessa forma, recorre-se à ideia de que todos podem criar, construir ou consertar objetos com as próprias mãos. Será uma experiência fantástica”, comenta.

São 298 itens entre ferramentas, eletrônicos, equipamentos e materiais de consumo, além de mobília diferenciada, com montagem seguindo critérios arquitetônicos e pedagógicos que fomentem o aprendizado. O espaço conta com equipamentos tecnológicos como cortadoras laser, impressoras 3D, placas eletrônicas e kits de robótica, por exemplo.

Notícias relacionadas