Halo lunar é registrado no céu de Laguna

Esse não deve ser o único fenômeno envolvendo o satélite natural da Terra. Entre este domingo, 15, e a madrugada de segunda-feira, 16, está prevista a Lua de Sangue.
Foto: Laura Piotrovski/Colaboração/Agora Laguna

Se você olhou para o céu de Laguna, na noite de sábado, 14, deve ter visto uma cena diferenciada: a Lua em um fenômeno conhecido como halo lunar.

A cena foi flagrada por Laura Piotrovski, por volta das 22h, e enviada ao Portal Agora Laguna. O fenômeno também pode acontecer com o sol e ocorre em qualquer época do ano, basta ter as condições necessárias.

O halo é um círculo de luz, um fenômeno óptico, criado pela refração e reflexão da luz da Lua em cristais de gelo de nuvens muito altas.

Eclipse total da Lua

Para quem gosta de acompanhar os fenômenos que envolvem o Sol e a Lua, neste domingo, 15, está previsto o que se chama de Lua de Sangue. É o primeiro e único eclipse total do astro neste ano.

Terra, Sol e Lua vão se alinhar, sendo que a última passará pela sombra do planeta, o que provocará o reflexo de uma cor avermelhada ou terrosa, que lembra sangue.

O fenômeno poderá ser visto na América do Sul e Central e partes da América do Norte, Europa e África. A previsão é que o evento astronômico atinja seu ápice por volta de 1h11, já na segunda-feira, 16, no horário de Brasília. Nesse ponto, a sombra encobre todo o disco lunar e a Lua fica sem receber a incidência direta da luz solar.

Não é preciso nenhum equipamento especial para ver o eclipse. A Lua de Sangue estará visível a olho nu, todavia, usar binóculos ou telescópio pode melhorar a visão e a intensidade da cor do satélite natural da terra. Ambientes escuros e longe de luzes brilhantes contribuem para uma visualização mais nítida.