Previous
Next

Ex-governador Eduardo Moreira desiste de candidatura e fica na diretoria do BRDE

Logo após o anúncio da desistência de Moreira, partidários começaram a cogitar uma candidatura do ex-prefeito Mauro Candemil para a Alesc pelo MDB. O emedebista diz que o momento é de respeitar as pré-candidaturas já anunciadas.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
Previous
Next

O ex-governador lagunense Eduardo Pinho Moreira (MDB) abriu mão de sua candidatura a deputado estadual pelo partido, hipótese que vinha tomando corpo há alguns meses. A decisão foi comunicada à bancada emedebista nesta terça-feira, 22.

Moreira vai continuar na equipe da diretoria financeira do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), onde está desde o ano passado nomeado pelo governador Carlos Moisés (Republicanos). O chefe do Executivo estadual também foi informado da decisão.

É a segunda baixa significativa no planejamento partidário do MDB em menos de uma semana. Na segunda-feira, 21, o prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall, também abriu mão de disputar uma vaga na Assembleia Legislativa (Alesc). A crise que o partido enfrenta é tema discutido internamente, mas as desistências vêm fazendo as discussões se tornarem públicas.

A situação ficou mais latente após o esvaziamento das prévias partidárias, que, com três desistências, abriu caminho para a homologação de Antídio Lunelli, como pré-candidato ao governo estadual. Lunelli é prefeito de Jaraguá do Sul e marcou para o dia 2 de abril sua renúncia ao cargo.

Ex-prefeito tem candidatura cogitada

Com a desistência de Moreira, que no projeto eleitoral do MDB entraria na disputa como representante do Sul, o nome do ex-prefeito de Laguna, Mauro Candemil foi ventilado para uma possível candidatura. Candemil concorreu à Alesc em 1990 e 1994 e por algumas oportunidades assumiu a cadeira na condição de suplente.  Procurado pelo Portal Agora Laguna, o ex-prefeito se mostrou surpreso com as notícias políticas dessa noite e comentou sobre a cogitação de seu nome para outubro.

“Estamos todos surpreendidos com as notícias de agora. Eduardo Moreira, após entendimentos com o governador Moisés e com a bancada dos deputados estaduais do MDB, decidiu não ser mais candidato a deputado estadual e continuar como diretor do BRDE. Também, repentinamente, houve manifestações, em vários grupos sociais, de meu nome, sugerindo para deputado estadual. Por enquanto, devo dizer, que há de ser respeitado, as pré-candidaturas da doutora Deise à deputação estadual e do doutor André da Rosa, à federal”, disse.

Candemil se refere aos nomes da vereadora Deise Daiana Xavier Cardoso, que já teve sua indicação para concorrer à Alesc feita pelo deputado federal e presidente do partido em Santa Catarina, Celso Maldaner, e do ex-secretário de Assistência Social e advogado, André Felipe da Rosa. Pelo Sul, o MDB também conta com as pré-candidaturas de Ada de Luca e Volnei Weber, atuais deputados que devem buscar a reeleição. Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, tem o nome cotado para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Previous
Next

Notícias relacionadas

Previous
Next