Homem com mais de 70 passagens policiais era investigado por assaltos em Laguna

No último dia 17, um dos assaltantes havia sido preso e a operação possibilitou obter detalhes sobre a identificação de seu comparsa. Após troca de informações entre PM e Civil, o criminoso foi preso, assim que um policial de folga o reconheceu.
Divulgação/PC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 3,363 visualizações,  4 views today

O homem, 41 anos, preso na última sexta-feira, 24, durante rondas da Polícia Militar (PM), em Cabeçuda, era um dos investigados pelos assaltos ocorridos ao pedágio de Laguna e a um posto de combustível no dia 14 de agosto. A informação foi divulgada, pela Polícia Civil, nesta segunda-feira, 27.

No último dia 17, um dos assaltantes havia sido preso e a operação possibilitou obter detalhes sobre a identificação de seu comparsa. Após troca de informações entre PM e Civil, o criminoso foi preso, assim que um policial de folga o reconheceu.

O caso começou a ser investigado após o assalto do dia 14. O primeiro ocorreu por volta das 3h, dois homens chegaram com uma motocicleta em um posto de combustível e, após solicitarem o abastecimento, anunciaram o assalto, insinuando estarem com uma arma. O frentista que os atendeu conseguiu se livrar da ameaça. Após isso, um dos autores entrou na conveniência do posto e roubou dinheiro do local.

O segundo assalto ocorreu no mesmo dia e teve como vítima o atendente do pedágio recentemente instalado em Laguna. Os mesmos assaltantes, por volta das 23h, pararam em frente ao guichê de pagamento e ameaçá-lo com uma faca. Conseguiram fugir dali levando o dinheiro que estava no caixa do guichê.

O homem tinha mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Laguna, com base em representação feita pelo delegado titular das investigações. O homem está recluso na Unidade Prisional Avançada de Laguna.

Notícias relacionadas