Rede colaborativa de confecção e distribuição de peças de lã retorna em Laguna

Ao todo, são 25 cidades envolvidas até 31 de julho: Araranguá, Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Laguna, Mafra, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Joaquim, São Miguel do Oeste, Tijucas, Tubarão, Urubici e Xanxerê.
Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,608 visualizações,  4 views today

O Serviço Social do Comércio (Sesc) anunciou o retorno do projeto “Arte de Doar” em Santa Catarina. A iniciativa quer mobilizar doadores de materiais e voluntários para a produção e distribuição de peças de lã, como toucas, meias e cachecóis para instituições sociais e comunidades. A ação acontece por meio de uma rede colaborativa, que promove a cooperação entre os participantes, o Sesc e a população beneficiada.

Ao todo, são 25 cidades envolvidas até 31 de julho: Araranguá, Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Laguna, Mafra, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Joaquim, São Miguel do Oeste, Tijucas, Tubarão, Urubici e Xanxerê.

Segundo o Sesc, para participar como voluntário os interessados devem se cadastrar neste link  ou entrar em contato com a unidade do Sesc próxima. Os voluntários receberão os materiais para a produção, como novelos de lã, linhas e agulhas de tricô, que estão sendo arrecadados de empresas parceiras e demais doadores. As toucas, meias e cachecóis tricotados serão entregues nas instituições sociais e comunidades identificadas em cada cidade realizadora, sendo estas em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Materiais necessários:

  • Novelos de lã, linhas e agulhas de tricô.
  • Preferencialmente, higienizar e embalar os materiais para evitar a disseminação do novo coronavírus.