Agora da Redação: Sem evento presencial, instituições fazem festa junina ‘na caixa’

Direto da Redação, nossa equipe traz fatos locais, regionais e nacionais de uma forma rápida e resumida.
Divulgação/Apae
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,020 visualizações,  4 views today

A pandemia do novo coronavírus segue com algumas imposições à realização de eventos. Mesmo com a flexibilização nas regras sanitárias, algumas instituições de ensino de Laguna não pretendem fazer uma ação presencial para comemorar a chegada da época das festas juninas. Pelo contrário, vão “embalar” o evento em uma caixa para seus alunos.

A Apae comercializa a R$ 25 o kit com tradicionais produtos juninos para os dias 30 de junho ou 7 de julho. A encomenda é via telefone (48) 3647-0446.

Ao mesmo preço, quem está comercializando é a escola Custódio Floriano de Córdova, da Passagem da Barra. As encomendas são pelos telefones (48) 3647-6326 ou (48) 99961-1812. São produtos tradicionais e “com direito a brinde surpresa”. Retirada é dia 3 de julho, das 13h às 17h.

E falarei…

Laguna voltou a cumprir uma lei de 2010 com a execução dos hinos municipal e brasileiro. Semanalmente, estudantes das 21 escolas e centros de educação infantil da rede de ensino mantida pela prefeitura da cidade cantam as letras que exaltam o país e o município. Há a intenção de que os educandários também componham seus próprios hinos e que estas composições sejam inclusas nessa rotina de exaltação. “Essa estratégia de trabalho em educação prima pelo respeito e pela cidadania, expandindo o que muitas unidades já faziam no mês de setembro para todo o ano letivo”, disse a prefeitura em seu site.

Visita

Colégio Militar de Laguna recebeu, na tarde da última segunda-feira, 17, a visita da carateca Anabel da Silva Silveira, mais conhecida como Japinha do Karatê. A atleta de Braço do Norte, tem 14 anos e coleciona medalhas nacionais e internacionais. Admiradora da Polícia Militar, ela foi recebida pelo diretor da unidade, tenente-coronel Peterson do Livramento.

Divulgação/CFNP Laguna

Caixa paga

Segunda parcela da nova rodada do auxílio emergencial será paga hoje, 19, a trabalhadores informais nascidos em março. Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente. Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 2 poderão sacar o dinheiro.

Luto na política

Morreu na segunda à noite, 17, o ex-governador e ex-senador de Santa Catarina, Casildo Maldaner (MDB), vítima de câncer, aos 79 anos. Natural de Carazinho, no Rio Grande do Sul, ele nasceu em 2 de abril de 1942 e mudou-se aos 2 anos com a família para Chapecó, no Oeste catarinense. Governo catarinense decretou luto de sete dias. Maldaner começou a história na política em 1962. Em 1986, elegeu-se vice-governador, na chapa encabeçada por Pedro Ivo Campos. Tornou-se chefe do Executivo após a morte do então governador em 1990. Foi eleito senador e exerceu o mandato entre 1995 a 2003 e em 2006; e entre 2010 e 2017, com a renúncia do titular Raimundo Colombo (PSD), de quem era suplente.

Luto na região

Foi sepultado nesta segunda-feira, 17, o jornalista e escritor Edgar Nunes. O tubaronense tinha 92 anos e morreu vítima de uma pneumonia bacteriana, deixou cinco filhos, dez netos, três bisnetos e um grande legado para a região. Também foi juiz de paz, bancário, pesquisador e atuou como marinheiro na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Nunes fundou o semanário Nosso Jornal, em Tubarão, e passou pelos jornais A Crítica, Jornal de Imbituba, Notisul, O Liberal e a Gazeta Regional. Foi responsável pelo Jornal de Negócios entre 1991 e 1992, embrião do atual Diário do Sul. Em uma entrevista ao suplemento de 20 anos do jornal tubaronense, o saudoso jornalista contou que pretendia lançar, em 1974, uma publicação jornalística diária, mas a enchente do Rio Tubarão naquele ano destruiu todo o maquinário e levou o desejo consigo. O primeiro jornal diário da região tinha sido lançado 60 anos antes, em Laguna.

Notas expressas

  • Secretaria de Pesca e Agricultura (Sepagri) fez ação de prevenção ao novo coronavírus com pescadores na região do Farol. Objetivo foi distribuir máscaras, álcool em gel e reforçar as orientações estabelecidas sobre a Covid-19 aos trabalhadores que estão atuando na safra da tainha 2021.
  • Link dos tributos no site oficial do município segue fora do ar e a previsão é voltar ao normal na próxima quinta-feira, 20. Dúvidas e esclarecimentos o contribuinte poderá utilizar o e-mail [email protected] ou no 3647-2923.
  • Processos protocolados para a Secretaria de Planejamento serão digitais. O responsável técnico do processo precisa ter a assinatura digital, para se adequar ao sistema de protocolos.
  • Na TV, de novo. A EPTV, afiliada da TV Globo para Campinas e região, exibe neste sábado, 22, a segunda parte da reportagem gravada em Laguna. Semana passada, o tema foi o Farol; agora, os botos do Molhes.

Notícias relacionadas