Previous
Next

Governo autoriza criação de linhas de crédito para auxiliar micro e pequenas empresas

Microempreendedores individuais (MEIs) vão poder solicitar até R$ 10 mil, enquanto os micro e pequenos empreendedores terão direito a até R$ 100 mil. A contrapartida, por parte dos empresários, será a manutenção dos empregos em seus estabelecimentos durante o período de carência.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Previous
Next

Micro e pequenos empreendedores impactados pela pandemia do novo coronavírus poderão contar com linhas de crédito de auxílio, por meio do BRDE e do Badesc. O anúncio foi feito na tarde de segunda-feira, 29, pelo governador Carlos Moisés (PSL), em um de seus últimos atos antes de consumar o afastamento provocado pelo avanço do novo processo de impeachment, na Assembleia Legislativa (Alesc).

A meta governamental é garantir o nível de emprego em Santa Catarina, prevendo disponibilizar R$ 1,5 bilhão para as linhas de crédito, arcando com as taxas de juros em um investimento de aproximadamente R$ 250 milhões. Com a medida, os empreendedores poderão aderir a financiamentos com uma carência de 12 meses para pagamento, juro zero e 36 meses para amortização.

De acordo com o texto, microempreendedores individuais (MEIs) vão poder solicitar até R$ 10 mil, enquanto os micro e pequenos empreendedores terão direito a até R$ 100 mil. A contrapartida, por parte dos empresários, será a manutenção dos empregos em seus estabelecimentos durante o período de carência. A criação do auxílio emergencial se dá através de medida provisória, enviada à Alesc, que irá votar o texto, podendo vetá-lo.

Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Notícias relacionadas

Previous
Next