Procon estadual fiscaliza agência bancária no Centro de Laguna

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 488 visualizações,  4 views today

Fiscais do Departamento Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-SC) estiveram analisando o tempo de espera entre atendimentos a usuários na agência do banco Bradesco, na rua Jerônimo Coelho, no Centro Histórico de Laguna. A ação ocorreu na manhã desta terça-feira, 15.

“Estamos aqui a pedido do Procon municipal, porque o órgão não tem fiscalização, então compete ao Estado fazer essa fiscalização; é sobre a espera, a demora no atendimento. A legislação diz que pode ser de 15 minutos em dias normais e em dia de pagamento, 30 minutos, e segundo a denúncia, estava ultrapassando esse tempo”, explica a fiscal de relações de consumo, Zoraide Pures Alves. A fiscalização ocorreu apenas na agência do Bradesco.

De acordo com ela, durante a ação não foi verificado o tempo excedente de espera. Enquanto os servidores faziam a análise, a reportagem do Portal Agora Laguna observou que a fila formada tinha poucos usuários. Uma das razões apontadas para a alta procura na filial da Jerônimo Coelho foi o fechamento da agência do Centro Histórico, ocorrido na metade do ano.

Os fiscais também detectaram a ausência de senha para atendimento, problema que foi causado por um defeito na máquina emissora. Essa senha registra a hora que o usuário chegou à agência e o momento em que foi atendido. O problema já começou a ser resolvido.

Ainda segundo Zoraide, o usuário que se sentir prejudicado quanto à demora no atendimento pode registrar reclamação nos canais de ouvidoria do próprio banco ou buscar o Procon.

Contraponto

A reportagem tentou contato com a assessoria de imprensa do banco Bradesco. Após a publicação da matéria, a instituição financeira encaminhou a seguinte nota oficial:

 

O Bradesco esclarece que trabalha para atender todos os públicos dentro do prazo estabelecido pela lei. O objetivo é atender aos prazos legais, embora possam ocorrer pontualmente situações não usuais em função de eventuais concentrações de fluxo.

Os funcionários do banco estão orientados a organizarem o atendimento nas Agências e nas salas de autoatendimento de forma a evitar concentração de pessoas no interior dos ambientes, preservando a recomendação de manter distância mínima de 1,5 metro entre elas. A entrada nas agências é escalonada. Podem entrar de 5 em 5 ou de 10 em 10 pessoas, dependendo do tamanho de cada agência. O Bradesco redimensionou ainda o atendimento em um sistema de rodízio, no qual os funcionários se revezam em turnos semanais.

O Bradesco tem intensificado a comunicação com os seus clientes para que priorizem a utilização dos canais digitais para realizar suas operações com o Banco. Produtos e serviços disponibilizados pelo Banco podem ser acessados por meio destes canais – celular, internet, equipamentos de autoatendimento e Fone Fácil. É importante ressaltar que a melhor opção é sempre o atendimento por meio dos canais digitais.

Desde o início da pandemia, a Rede de Agências do Bradesco está funcionando em horário diferenciado de atendimento. O objetivo é preservar a segurança de todos os clientes e funcionários, evitando riscos de propagação do novo coronavírus pela proximidade de pessoas. O horário de atendimento é entre 10h e 14h para o público em geral. Para aposentados e pensionistas do INSS, o atendimento começa uma hora antes e, nos dias de pagamento desse público, a abertura das agências acontece com duas horas de antecedência, ou seja, às 8h.


Atualizado às 19h26.

Previous
Next