Divulgação/PMA

Nova operação realizada pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Laguna, realizada na quinta-feira, 3, nas lagoas do complexo lagunar, resultou na apreensão de 56 redes do tipo ‘aviãozinho’ e 14 baterias com atrativo luminoso.

Os petrechos são usados na pesca do camarão que está proibida até dia 15 de novembro, no período conhecido como defeso. A proibição é necessária para que a espécie possa se reproduzir e crescer normalmente.

“Estamos quase diariamente fazendo ações para reduzir a pesca ilegal no complexo Lagunar, vários criminosos já foram identificados e estão respondendo a processos administrativos e criminais”, frisa o capitão Fernando Magoga, comandante da corporação em Laguna.

De acordo com Magoga, ao fim desse processo administrativo, se for comprovado que a pessoa recebe seguro-defeso, a previdência social será informada para suspender ou cancelar o benefício. Todo o material apreendido foi depositado no pátio da Polícia Militar Ambiental de Laguna.