Morre mulher de Pescaria Brava que lutava contra doença no fígado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 600 visualizações,  4 views today

Lucilene de Medeiros Acordi, 36, que se tornou conhecida ao recorrer a internet para conseguir comprar um remédio que custava pouca mais de R$ 40 mil, não resistiu às complicações causadas pela cirrose hepática e morreu neste domingo, 6. Natural de Pescaria Brava, ela deixa esposo e quatro filhos.

A moradora de Barreiros também desenvolveu, em decorrência da cirrose, ascite (acumulação anormal de líquido no abdome), peritonite bacteriana espontânea (equivale à infecção bacteriana de liquido ascítico previamente estéril na ausência de foco intra-abdominal de infecção) e anemia por doença hematológica.

Na última semana, a prefeitura de Pescaria Brava informou que havia conseguido junto ao governo do Estado liberação de caixas do medicamento Sofosbuvir/Valpatasvir 100/400mg para a paciente. O sepultamento e velório de Lucilene ocorreram na manhã desta segunda-feira, na cidade natal dela.

Notícias relacionadas