O prazo para registro de candidaturas às eleições de novembro foi encerrado no sábado, 26. Em Pescaria Brava, dois candidatos foram escolhidos pelos partidos políticos para concorrerem no pleito.

Os números da Justiça Eleitoral mostram que Pescaria Brava terá um número de candidatos às eleições municipais dentro da média, se comparado com os últimos dois pleitos. Foram 48 candidatos inscritos nessa eleição, onze a mais que na última votação.

Os dois candidatos concorrerão com coligação formada, sendo que apenas uma das alianças possui mais de dois partidos e desde domingo, 27, tanto eles, como os concorrentes a vereador estão autorizados a fazer campanha com pedido explícito de voto.

As alianças fazem parte do jogo político e servem para construir uma base sólida de apoio. Em 2020, diferente dos outros anos, apenas são permitidas coligações para a eleição majoritária (cargos de prefeito e vice). Anteriormente, era possível criar alianças para as nominatas ao Legislativo.

Portal Agora Laguna apresenta abaixo a relação dos candidatos registrados, em ordem alfabética e com os nomes de urna (quando diferirem do nome completo do concorrente) apresentados entre parênteses. Todas as candidaturas ainda passarão por análise da Justiça Eleitoral.

Candidatos a prefeito e vice em Pescaria Brava

O atual prefeito Deyvisonn de Souza, 45 anos de idade, lidera a chapa como candidato a reeleição pelo MDB. Seu vice é o produtor rural aposentado Lourival de Oliveira Izidoro (nome de urna: Loro), 77, do Progressistas. A coligação Pescaria Brava continuando a crescer é formada por PP e MDB, e tem 13 candidatos a vereador.

Divulgação

O ex-servidor público Everaldo dos Santos, 56, encabeça a chapa como candidato a prefeito pelo PDT. Sua vice é a pecuarista Adriana Maria Jonck, 44, do PSDB. A coligação Juntos por Pescaria Brava é formada por PDT, PSDB, PSD, e PL, com apoio informal do PL, e tem 35 candidatos a vereador.

Divulgação