Previous
Next

Comércio faz horário especial no sábado e no feriado de 13 de junho abre normalmente

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

O comércio de Laguna estará aberto com horário especial no próximo sábado, 6. É o tradicional ‘Sábado Legal’, voltado às compras do Dia dos Namorados, comemorado neste mês. Os estabelecimentos abrirão das 8h30 até às 17h, conforme indica cronograma divulgado pelo Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista (Sindilojas).

Na próxima quinta-feira, 11, feriado de Corpus Christi, as lojas estarão fechadas. Na sexta-feira, 12, o comércio abre até 20h. Já no dia 13 de junho, sábado, feriado municipal dedicado a Santo Antônio dos Anjos, os estabelecimentos abrirão em horário normal.

O Sindilojas explica que a medida provisória 927/2020 permitiu que os comércios abram em datas consideradas feriados (municipais, estaduais ou federal), desde que os funcionários sejam comunicados com antecedência.

Mesmo com o horário estendido, os clientes e funcionários do comércio devem seguir adotando as medidas de segurança e higiene para contenção da propagação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Desde o dia 19 de abril, o uso de máscaras se tornou obrigatório em prédios públicos, estabelecimentos comerciais e indústrias em geral em Laguna. Leia mais clicando aqui.

As máscaras são obrigatórias para:

  • uso de táxi ou transporte compartilhado de passageiros;
  • permanecer na fila ou entrar em estabelecimentos de serviços essenciais, tais como supermercados, mercados, mercearias, padarias, farmácias, drogarias, entre outros;
  • permanecer na fila ou adentrar em estabelecimentos comerciais que tiverem suas atividades liberadas e retomadas;
  • desempenho de atividades profissionais em ambientes compartilhados com outras pessoas, nos setores público e privado.

O decreto obriga que as pessoas usem máscaras, mas determina que é de responsabilidade do estabelecimento a garantia do cumprimento, a partir da recomendação aos consumidores para que façam a utilização dos itens de proteção. O documento publicado no Diário Oficial deixa claro que o descumprimento implica em sanções que podem ir de advertência à cassação do alvará de funcionamento do serviço.

Notícias relacionadas

Previous
Next