Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

O Governo de Santa Catarina corrigiu e atualizou a contagem de casos confirmados de contaminação por Covid-19 no estado, que chega a 163 pessoas. Ao contrário da relação divulgada na quinta-feira, 26, o caso positivo de Laguna voltou a aparecer na lista, como “pertencente” ao município. Os novos dados foram divulgados em coletiva na noite desta sexta-feira, 27.

No dia anterior, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) explicou os dados do avanço do coronavírus no estado, apontando que houve uma orientação do Ministério da Saúde para que os casos fossem contabilizados nas cidades de residência das pessoas e não onde houve a notificação da contaminação. A decisão foi usada para justificar a “transferência” do caso de Laguna para outro município.

Portal Agora Laguna apontou a falha da lista do governo momentos após a divulgação dos dados na coletiva. A reportagem ouviu a prefeitura do município e a família da paciente de 54 anos, que foi o primeiro e até o momento o único caso positivo da cidade juliana. As duas fontes ratificaram que houve equívoco por parte do Estado.

A assessoria de comunicação do Estado detalhou em nota, ainda na noite anterior, a mudança, mas não falou especificamente sobre Laguna. “Nós tivemos uma pequena alteração na relação porque estamos tendo uma série de dificuldades no que diz respeito à plataforma de divulgação dos dados do Ministério da Saúde […] Laguna voltou à listagem por essa instabilidade, que faz com que tenhamos dados que aparecem e voltam”, justificou o secretário de Saúde, Helton de Souza Zeferino, sobre a retirada e o retorno da cidade, durante a coletiva. O gestor explicou que o sistema de registro passa por atualização para poder comportar o volume de dados cadastrados diariamente.

Casos confirmados em SC

Conforme a nova metodologia, os casos confirmados em Santa Catarina têm a seguinte distribuição: vinte e sete pessoas em Florianópolis; dezoito em Itajaí; doze em Blumenau; doze em Criciúma; nove em Braço do Norte; nove em Balneário Camboriú; oito em Tubarão; oito em São José; oito em Joinville; cinco em Imbituba; quatro em Chapecó; quatro em Camboriú; três em Gravatal; três em Navegantes; três em Porto Belo; duas em Jaguaruna; duas em Jaraguá do Sul; duas em Rancho Queimado; e duas em Siderópolis.

A lista é fechada por Antônio Carlos, Balneário Arroio do Silva, Canelinha, Gaspar, Içara, Itapema, Lages, Laguna, Pomerode, São Lourenço do Oeste, São Ludgero, São Pedro de Alcântara, Tijucas, e Timbé do Sul, cada uma com um caso.

Também há oito casos notificados em Santa Catarina, mas que pertencem a moradores de outros estados (cinco) ou países (três). O cenário indica que há pacientes com diagnóstico positivo para a doença Covid-19 em todas as regiões catarinenses.

Atualmente, Santa Catarina tem, também, em torno de 325 casos suspeitos – cinco estão em investigação em Laguna e outro três em Pescaria Brava. A partir desta sexta-feira, o governo não irá mais divulgar o número de casos suspeitos.

Já na madrugada de quarta-feira, 25, foi confirmada a primeira morte decorrente de coronavírus no estado. Um paciente de 86 anos, em São José, não resistiu às complicações da Covid-19.

Reveja a coletiva do governo de SC