Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna

Em ritmo acelerado e contando com o clima favorável, a obra do acesso Norte poderá receber a primeira camada de asfalto, na próxima semana, em alguns pontos do trecho de 5,3 quilômetros. O trabalho de pavimentação foi iniciado em 17 de fevereiro e teve as primeiras sub-base e base aplicadas no começo do mês.

O acesso Norte inicia na avenida João Marronzinho, corta o bairro Barbacena e se conecta à BR-101. “A obra está dentro do esperado, tudo dentro do prazo e das normas que pretendíamos”, resumiu o encarregado da obra, Dauri Cardoso.

A ideia, segundo detalhou Cardoso à reportagem do Portal Agora Laguna, é que no começo da próxima semana sejam asfaltados cerca de 500 metros do trecho. “Vamos realizar o asfaltamento no trecho onde não há rede da Casan”, acrescentou.

Nesta quarta-feira, 11, uma comissão com três vereadores e fiscais da prefeitura vistoriaram os trabalhos. “A obra está sendo executada conforme o projeto e estamos acompanhando desde o início […] e temos mantido contato com os moradores, vendo a realidade”, comentou a engenheira Gabriela Belmiro, fiscal designada pela prefeitura para acompanhar a pavimentação. “Acreditamos que a obra vai ser finalizada antes do prazo previsto. A comunidade está contente”, pontuou o vereador Rodrigo Moraes (PL).

Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna

Drenagem subterrânea será feita

Uma das questões que têm preocupado os moradores é referente a drenagem pluvial da via. O projeto foi executado por técnicos do Estado e contemplava apenas o escoamento superficial.

“A execução iniciou e vimos que há divergências com a realidade. A gente precisa de pontos de drenagem e fizemos isso na semana interior com a definição de alguns pontos e agora estamos estudando para colocar a drenagem antes da colocação da sub-base, base e asfalto”, acrescentou a secretária de Planejamento Urbano, Morgana Rodrigues.

Ao menos dez pontos serão adicionados à planta inicial. Para isso, a prefeitura irá apresentar um aditivo ao contrato original feito com a empresa Qualidade, de Palhoça. “É impossível a empresa fazer um serviço que não está na planilha e não cobrar por isso. A prefeitura não tem mão-de-obra disponível e se tivéssemos, com certeza faríamos por conta própria”, justificou Gabriela.

Um acordo com a Casan para atuação conjunta foi feito para a adequação da rede de abastecimento e saneamento em alguns pontos da via, evitando a necessidade de cortar o asfalto no futuro.

Vereador aponta falha de fiscalização

Para o vereador Peterson Crippa (PP), a pavimentação do acesso Norte deve ser mais bem fiscalizada. “Essa obra veio com sérias falhas no projeto de drenagem, que eles estão tentando sanar agora”, dispara.

Na visão do edil, alguns erros ainda são cometidos. “Infelizmente não tem ainda todas os agentes para fiscalizar devidamente, tanto é que nesse momento a prefeitura está contratando uma empresa para estudos laboratoriais”, aponta. Crippa, acompanhado de Moraes e Osmar Vieira (PSDB), esteve vistoriando os trabalhos.

A empresa que Crippa cita é necessária para a geração de contraprova para a prefeitura confirmar o que diz a construtora em relação ao trabalho executado. O edil lamenta, no entanto, que a contratação seja efetivada cerca de cem dias após o início das operações – média de trâmite burocrático. A secretária de Finanças e Administração, Luciana Pereira, informou ao Portal, que a licitação deve ser lançada nos próximos dias.

“Nossa preocupação é que para que não se precise gastar para remediar lá na frente, a gente precisa atuar no início da obra”, completa.

Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna