Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

A Praça Sousa França, no bairro Magalhães, sediou no fim da tarde deste sábado, 28, a 21ª edição da Corrida de São Silvelho, evento que é realizado desde 1995 e reúne corredores de diversas idades. Neste ano, 250 atletas participaram da competição.

A prova durou cerca de 45 minutos e foi disputada em cinco quilômetros. A competição homenageou o comerciante grego, mas radicado no Brasil, Efstathios Anastasiadis, que por várias edições esteve participando da corrida.

Organizada pelo Departamento Municipal de Esportes (DME), a competição tem avaliação positiva. “A Corrida de São Silvelho é bem familiar, já que há várias gerações interagindo através do esporte e buscando assim uma saúde melhor e qualidade de vida. O esporte tem esse poder de transformação, de unir pessoas. Atletas de diversas cidades vieram participar do evento abrilhantando ainda mais nosso evento, que teve um show de simpatia, energia, garra e disposição dos corredores da nossa cidade, também”, comenta o diretor de esportes, Tadeu César.

O primeiro a concluir a prova com 14 minutos e 15 segundos de corrida foi o atleta de Caputera, Jhon Lennon, bi-campeão da categoria turismo. “É uma emoção muito grande. […] Só tenho a agradecer ao povo lagunense, o pessoal que durante o percurso me apoiou na prova inteira”, disse Lennon, prometendo continuar correndo no próximo ano.

Morador do Distrito de Ribeirão Pequeno, Jorge Querino, no auge dos 72 anos, venceu a prova pela quarta vez, agora na categoria dos atletas com mais de 70 anos de idade. Ao Portal Agora Laguna, o veterano comentou que se preparou com dieta e regras de exercício. “Se Deus quiser e estiver vivo até lá e espero que aconteça [a prova] vou estar aqui ano que vem”, afirmou.

“O esporte ajuda muito a juventude a não entrar no mau caminho”, pontuou Querino. A opinião do atleta é acompanhada pelo corredor Manoel Adriano, o Maneca, que também residente na mesma região. “Eu comecei em 99, falhei uma só, mas estou há quase 20 anos [participando]. A melhor coisa que fiz na minha vida foi correr, assim não dou despesa pra ninguém”, resumiu, alegre, o atleta que ficou em 2º lugar no pódio dos mais de 70 anos – ele tem 71.

A corrida marcou o encerramento de um ano de competições para muitos dos participantes. Depois de diversos eventos em 2019, Carla Cristina de Moraes finalizou a agenda esportiva na cidade natal e conquistou a 90ª medalha obtida em 13 anos de disputas. “Foi um ano muito bom, não me machuquei nenhuma vez e fiz 37 provas. Estou muito feliz, fui a primeira lagunense da São Silvelho”, comemorou.

Homenagem ao comerciante Estácio Anastasiadis

Ano passado, a São Silvelho homenageou o nadador João Batista Machado, o João da Nadir, que morreu em janeiro de 2018, cerca de duas semanas depois de ter participado da corrida de 2017.

Para a 21ª edição, a organização escolheu a figura do ‘pequeno grande-homem’ Efstathios Anastasiadis, o ‘seo‘ Estácio, que morreu em outubro deste ano. Anastasiadis participou de algumas edições. Ele resolveu correr quando já estava perto dos 80 anos de idade e disputou várias vezes, enquanto a saúde colaborou.

“Ele sempre foi uma pessoa perseverante. Começou a correr com quase 80 anos de idade e com isso foi até os 87, se tivesse continuado a corrida [a São Silvelho esteve parada entre 2013 e 2016], eu acredito que ele ainda teria corrido mais alguns anos”, disse o filho do comerciante, Jorge Anastasiadis.

A família de Estácio esteve acompanhando o evento até o final, incluindo a dona Soumela Anastasiadis, viúva o comerciante. “Ela até não queria vir, mas quando chegou aqui ficou muito emocionada. Sempre que ele era premiado, ela estava ali do ladinho dele”, comentou Jorge.

Confira os resultados

Pódio Feminino

Geral

1º lugar – Ana Maria Coutinho Lesnieski

2º lugar – Maria Madela de Jesus Ferreira

3º lugar – Marlete Carara

4º lugar – Jucelia Fernandes Gonçalves

5º lugar – Angela Maria Nunes Cristiano

Faixa 60-64

1º lugar – Lucia Batrix Bertels Marques

2º lugar – Nilzete Carara de Souza

3º lugar – Zenaide Batista

Faixa 55-59

1º lugar – Elisete dos Santos Cristiano

2º lugar – Maria Helena Correia da Silva

Faixa 50-54

1º lugar – Jadina Pilon

2º lugar – Rita de Cássia Correia Rosa

3º lugar – Dorimar Vieira

Faixa Dente de Leite

1º lugar – Giovana Cardoso

2º lugar – Rosangela Sachetti

3º lugar – Monica Rodrigues Lopes Pereira

Faixa Turismo Aberta

1º lugar – Sibele Silveira Rodrigues

2º lugar – Carla Cristina de Moraes

3º lugar – Priscila Ramos Marcos

Pódio Masculino

Geral

1º lugar – Diomar da Silva Concer

2º lugar – Carlos Roberto Paes

3º lugar – José da Rocha

4º lugar – Walter da Costa

5º lugar – Emilson César Fogaça

Faixa 70+

1º lugar – Jorge Querino

2º lugar – Manoel Adriano dos Reis

3º lugar – João Brum Vargas

Faixa 65-69

1º lugar – Laudeci Mota Souza

2º lugar – Delírio Bressan Carara

3º lugar – Josué Tarcício Baltzar Ceconello

Faixa 60-64

1º lugar – Giuseppe Muraro

2º lugar – João Batista Roldão

3º lugar – Osvaldo Borges

Faixa 55-59

1º lugar – Edmilson Fogaça

2º lugar – João Batista de Souza

3º lugar – Nelci Cardoso

Faixa 50-54

1º lugar – Gentil dos Santos

2º lugar – Clésio da Silva Mendes

3º lugar – Flávio Rodrigues

Faixa Dente de Leite

1º lugar – Eubrine de Souza Guimarães

2º lugar – Sebastião Ademir dos Santos

3º lugar – João Batista da Silva Filho

Faixa Turismo Aberta

1º lugar – Jhon Lennon Souza Antônio

2º lugar – Felipe de Bittencourt Fernandes

3º lugar – Rene Barbara