Prefeito afirma que irá manter licitações e buscar recursos em outras fontes

Prefeitura de Laguna ainda não determinou em quais fontes buscará recurso. "Nossas equipes estão focadas nestas soluções", garantiu Ahmad.
Foto: André Luiz/Agora Laguna

A prefeitura de Laguna deve seguir com o projeto de licitar a reforma da estação ferroviária de Cabeçuda e a passarela do Mar Grosso mesmo após perder o recurso estadual de R$ 1,2 milhão.

A afirmação foi dada à Rádio Difusora na manhã desta quinta-feira, 4, pelo prefeito Samir Ahmad (sem partido), que confirmou a retirada de recursos pelo governo estadual. “O município vai manter as licitações com recursos de outras fontes. Não vou admitir perder duas obras importantes por questões políticas”, disse.

Laguna havia sido contemplada com recursos de R$ 650 mil para a estação e R$ 550 mil para as passarelas. A portaria do convênio foi publicada no ano passado e retirada na terça-feira, 2, conforme informou Agora Laguna.

Dos dois projetos, o do prédio de Cabeçuda era o mais avançado e aguardava apenas trâmites burocráticos para ser enviado para licitação. Na segunda-feira, 1º, a Câmara chegou a aprovar um projeto de lei de crédito suplementar para agilizar o processo. A prefeitura de Laguna ainda não determinou em quais fontes buscará recurso. “Nossas equipes estão focadas nestas soluções”, garantiu Ahmad.

Notícias relacionadas