Vereadora de Pescaria Brava é acusada de agressão em confraternização de time

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a confusão, que não teria sido a primeira vez.
Divulgação

A vereadora Talita Santos (PP), de Pescaria Brava, vem sendo acusada de agressão física contra uma mulher, que teria sido cabo eleitoral de um deputado no pleito passado. As cenas ocorreram na noite de domingo, 16, na sede do Juventude do Km 37 em uma confraternização após o jogo realizado no mesmo dia.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a confusão, que não teria sido a primeira vez.

A vereadora foi procurada pelo Portal Agora Laguna e se pronunciou por meio de uma nota oficial. “Uma pessoa – que há anos vem me provocando, criando intrigas comigo e tentando manchar minha imagem – começou a me xingar na frente dos meus filhos. Os xingamentos foram tão graves que prefiro não repeti-los”, contou a parlamentar, que foi secretária de Educação do município até o primeiro semestre do ano.

“Quero deixar claro que não sou adepta da violência de qualquer tipo, mas tudo tem limite, precisei me alterar para que minha voz também fosse ouvida. Não podemos deixar que a política tire nossos princípios. Meu nome é Talita, e antes de ser um figura conhecida politicamente, sou uma mãe. Peço respeito. Respeito à minha família”, finaliza a nota. Boletins de ocorrência foram registrados.

Agora Laguna fez contato com a outra pessoa envolvida na confusão, que disse não querer se expor. O espaço, por sua vez, segue aberto.

Veja a nota da vereadora Talita Santos

Divulgação

Confira o momento da confusão