Pintura em muro de secretaria traz nova crítica política

Em dezembro, sem revelar a identidade e falando em terceira pessoa, disse que os muros são tela para expor “a impunidade que estamos presenciando na cena política” e dar voz, “manifestando na arte, a revolta da cidade diante do circo que a gestão pública se transformou”.
Agora Laguna

Pouco mais de cinco meses após ter viralizado com as primeiras críticas pintadas em muros da cidade, o artista local Zogó (estilizado como Zøgø) voltou à cena nesta quinta-feira, 30.

Uma nova intervenção foi feita, desta vez em um muro da Secretaria Municipal de Saúde, no bairro Magalhães. A crítica é uma referência à falta de conclusão dos trabalhos da CPI dos Kits em razão de liminares.

Em dezembro, sem revelar a identidade e falando em terceira pessoa, disse que os muros são tela para expor “a impunidade que estamos presenciando na cena política” e dar voz, “manifestando na arte, a revolta da cidade diante do circo que a gestão pública se transformou”.