Lauro Marinho ao ‘Senadinho’: ‘Gestores deixaram a desejar’

Ao longo de pouco mais de uma hora de entrevista, o pré-candidato comentou das experiências profissionais que teve, das ideias que defende e e outros assuntos.

Senadinho Agora Laguna segue com a série de entrevistas com os pré-candidatos à prefeitura da cidade juliana. Na terça-feira, 28, o quarto entrevistado, conforme sorteio, foi Lauro Cardoso Marinho, que se colocou à disposição do partido Solidariedade.

Ao longo de pouco mais de uma hora de entrevista, o pré-candidato comentou das experiências profissionais que teve, das ideias que defende e e outros assuntos. Confira os principais tópicos:

  • PRÉ-CANDIDATURA: Lauro Marinho já foi presidente de partido e candidato a vereador em duas oportunidades, sem ter sucesso. Sobre a pré-candidatura afirmou: “Primeiro porque eu posso, é um direito constitucional, sou brasileiro; lagunense com muito orgulho e isso me dá o direito. […] Sempre achei que os gestores deixaram muito a desejar nos critérios de atendimento em todas as áreas”.
  • GOVERNO SAMIR: Perguntado sobre qual nota daria para a gestão municipal, comentou: “Eu daria um cinco pelos recursos que eles conseguiram com o governo do Estado na época do Moisés. Pela conquista do dinheiro, daria cinco; mas pela má gestão e a introdução do MDB no governo, cai para três”.
  • NOMINATA: Marinho surpreendeu ao revelar que chegou a planejar uma nominata e arregimentar alguns nomes, mas os liberou para que se filiasse a outros partidos – os pré-candidatos foram para legendas como PSDB e PRD (antigo PTB). “Como não fechei a nominata, deixei livre para procurarem onde tinham condições. Não porque não acreditam na minha campanha, mas por quererem se eleger”.
  • SUBPREFEITURA: Questionado sobre como atender às demandas das comunidades de interior, afirmou que uma das ideias é montar órgãos como ‘subprefeitura’. “Precisa desenvolver essa ideia para que não fique só na palavra”
  • PONTAL: Para o pré-candidato, o projeto da Ponte do Pontal (Giuseppe Garibaldi) é viável e um pedágio com o valor de R$ 15 faria com que a estrutura se pagasse. “Fazer com R$ 500 milhões sé superfaturado; com R$ 200 milhões e um pouco [a gente consegue]”, estimou.
  • CASSINOS: Marinho defendeu que a necessidade de a União liberar o funcionamento de cassinos. “É um negócio impressionante e movimenta o turismo”, justificou.
  • CONVERSAS: Mauro Candemil (MDB) e qualquer pré-candidato que tenha apoio da gestão de Ahmad estão fora de cogitação para conversas pelo pré do Solidariedade. “Para que haja apoio, [os demais] têm que se comprometer com os ideais do Solidariedade: ‘Novos rumos, novos ideais'”.
Lauro Marinho, em entrevista ao ‘Senadinho’ – Foto: André Luiz/Agora Laguna

A entrevista com o pré-candidato Célio Antônio pode ser assistida na íntegra, em vídeo, no topo da matéria. O Senadinho terá uma nova edição na próxima terça-feira, 28 de maio. A realização das entrevistas acompanha a ordem a seguir:

  • 4/jun –Nilson Coelho Filho (Progressistas)
  • 11/jun – Hélcio Balbinot (União Brasil)
  • 18/jun – Leandro Schiefler Bento (PSDB)
  • 25/jun – Deise Daiana Xavier Cardoso (Republicanos)
  • 2/jul – Peterson Crippa da Silva (PL)
  • 9/jul – Zeno Alano Vieira (PRD)*
  • 16/jul – Jorge Nasser Rabah (PDT)*

Reveja as entrevistas com

Como assistir

O programa Senadinho vai ao ar semanalmente às terças-feiras, a partir das 20h. Além dos jornalistas convidados para fazer questionamentos e dos apresentadores do Senadinho, os internautas também poderão perguntar e interagir com o programa através dos comentários durante a transmissão e pelo WhatsApp (48) 9 9918-7249. É possível assistir às entrevistas em tempo real pelo:

Senadinho Agora Laguna

Produzido pelo Portal Agora Laguna, o Senadinho é um oferecimento de Mundo Bambini, Café Matriz, Corretas Contabilidade, Rede Unip, Caldo de Cana Caiana, Destak Lanches e Elvis Palma Fotografias. 


* O político e o partido informaram da pré-candidatura somente após o primeiro programa, quando ocorreu o sorteio original. Por este motivo, foi inserido após a sequência sorteada, conforme explicado na transmissão da estreia do Senadinho.