Laguna tem saldo negativo na geração de empregos em abril

Já em Pescaria Brava, o saldo foi levemente positivo. A cidade registrou 36 admissões e 34 desligamentos, o que gera saldo de duas contratações a mais em relação ao mês de março. Há cerca de 615 carteiras assinadas na jovem cidade.
Divulgação

Em comparação com março, o mês de abril foi negativo na geração de empregos em Laguna. É o que mostram os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados, na quarta-feira, 29, pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTP).

A cidade contabilizou 341 admissões e uma baixa de 376 empregados, o que dá um saldo de 35 vagas a menos. Os números divulgados pelo MTP funcionam como um termômetro da geração de empregos com carteira assinada. Quase 6,8 mil trabalhadores possuem contrato formal no município.

Já em Pescaria Brava, o saldo foi levemente positivo. A cidade registrou 36 admissões e 34 desligamentos, o que gera saldo de duas contratações a mais em relação ao mês de março. Há cerca de 615 carteiras assinadas na jovem cidade.

Brasil

O Brasil fechou o mês de abril com saldo positivo de 240.033 empregos com carteira assinada. Resultado de abril decorreu de 2.260.439 admissões e de 2.020.406 desligamentos.