Imprensa gaúcha repercute adoção de cidade por Pescaria Brava

Em todas as matérias divulgadas, a imprensa gaúcha destacou o fato de Pescaria Brava ser um pacato município do Sul com pouco mais de 10 mil habitantes e recém-emancipada de Laguna, movimento que completou dez anos em 2022.
Divulgação

A notícia do apadrinhamento de Venâncio Aires, a capital nacional do chimarrão, pelo município catarinense de Pescaria Brava repercutiu positivamente entre os veículos de imprensa gaúcha, sobretudo os que possuem cobertura na região em que a cidade adotada se insere.

O jornal A Hora, de Lajeado, destacou o fato que a Defesa Civil de Pescaria Brava anunciou a doação de cem fogões, que serão adquiridos no comércio local da cidade gaúcha, de forma a fomentar a economia. “A partir do projeto assistencialista, doações são destinadas principalmente para os atingidos da região de Mariante”, acrescenta a reportagem.

A Rádio Venâncio Aires transmitiu uma entrevista ao vivo com Cristiano Medeiros, coordenador da Defesa Civil, que disse ser uma “honra para Pescaria Brava fazer o apadrinhamento do município” e antecipou as ações que seriam realizadas pela prefeitura. Medeiros visitou a cidade há pouco mais de 20 dias, quando a cidade gaúcha sofreu fortemente com as cheias do rio Taquari. “Muito importante essa ajuda, muito legal essa iniciativa”, reconheceu um jornalista da RVA.

“Pescaria Brava ainda avalia a possibilidade de, através de novas parcerias com o setor privado, destinar novos itens à população venancio-airense”, relatou o jornal Folha do Mate, gazeta local da cidade gaúcha adotada pelos bravenses. “[Uma equipe] já esteve no município trazendo doações e realizando uma visita aos pontos que foram atingidos e aos locais de recebimento de donativos. Além disso, viabilizam a logística da entrega de cerca de 80 fogões para Venâncio”, noticiou o portal GAZ, do Grupo Gazeta, de Santa Cruz do Sul.

Em todas as matérias divulgadas, a imprensa gaúcha destacou o fato de Pescaria Brava ser um pacato município do Sul com pouco mais de 10 mil habitantes e recém-emancipada de Laguna, movimento que completou dez anos em 2022.