Alerta de temporais, risco de ressaca e fortes rajadas de vento ao longo da segunda-feira

No decorrer desta segunda-feira, 27, instabilidades associadas ao processo de formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo a costa do Sul do Brasil, favorece o desenvolvimento de temporais com raios, rajadas de vento, chuva pontualmente intensa e eventual queda de granizo em Santa Catarina.

No decorrer desta segunda-feira, 27, instabilidades associadas ao processo de formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo a costa do Sul do Brasil, favorece o desenvolvimento de temporais com raios, rajadas de vento, chuva pontualmente intensa e eventual queda de granizo em Santa Catarina.

De acordo com o alerta emitido pela Defesa Civil estadual, o risco é alto nas áreas em laranja, moderado nas áreas em amarelo e baixo nas áreas em verde para ocorrências como alagamentos e enxurradas pontuais, danos na rede elétrica, destelhamentos e queda de galhos de árvores.

Mar grosso, risco de ressaca e fortes rajadas de vento entre segunda e quarta-feira

A formação e deslocamento de um ciclone extratropical no oceano, próximo à costa do Sul do Brasil, deixa o mar grosso, com risco de ressaca e provoca fortes rajadas de vento em alto mar entre a segunda, 27, e a quarta-feira, 29.

Entre a noite de segunda e a manhã de terça-feira, o mar fica agitado no Litoral Sul e Grande Florianópolis, com ondas entre 2 e 2,5 m. A partir da tarde de terça, com a intensificação dos ventos em alto mar, a altura das ondas sobe de forma acentuada, com previsão de valores entre 3 e 4 m na costa do Litoral Sul e da Grande Florianópolis e picos de até 5 m em alto mar.

Os ventos provocados pela formação do ciclone devem ser mais intensos em alto mar, longe da costa, onde podem superar o valor de 120 km/h. Nas áreas costeiras do Litoral Sul, Grande Florianópolis e Baixo Vale, os ventos mais intensos devem ocorrer ao longo da terça-feira, com direção sul, intensidade média de 20 a 30 km/h e rajadas entre 50 e 70 km/h.