Nova secretária deixa cargo após 24h e fala em ‘falta de autonomia e transparência’

"É com tristeza e indignação que constato a falta de compromisso com os princípios éticos e morais que norteiam a administração pública. Minha saída não representa um abandono de minhas responsabilidades, mas sim um ato de coragem em defesa da integridade e da transparência no serviço público", explica a agora ex-gestora.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Durou pouco tempo a passagem da dentista Luana Julya Honorato pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram cerca de 24 horas. A secretária, que teve a portaria assinada na quarta-feira, 24, deixou o cargo nesta quinta-feira, 25. Em comunicado enviado ao Portal, ela diz que teve “falta de autonomia e transparência” e que foi impedida de acessar documentos.

Ontem, em um primeiro contato com a imprensa lagunense, a profissional garantiu que faria uma gestão “pautada no respeito integral às pessoas” e que as necessidades da população estariam “no centro de todas as decisões”. A portaria com a exoneração deve ser divulgada na próxima edição do Diário Oficial.

“É com tristeza e indignação que constato a falta de compromisso com os princípios éticos e morais que norteiam a administração pública. Minha saída não representa um abandono de minhas responsabilidades, mas sim um ato de coragem em defesa da integridade e da transparência no serviço público”, explica a agora ex-gestora no documento.

Com a exoneração, a pasta da Saúde, uma das mais importantes da administração local volta a ficar sem comando titular.

Leia a íntegra

É com pesar e profundo desapontamento que venho comunicar minha saída do cargo de Secretária de Saúde do município. Após uma cuidadosa reflexão e análise da atual situação, não me resta alternativa senão renunciar ao posto que ocupo.

Gostaria de esclarecer que minha decisão não é motivada por questões pessoais ou profissionais, mas sim pela falta de autonomia e transparência que enfrentei durante minha gestão. Desde o início, deixei claro ao prefeito e ao secretário interino que só assumiria a responsabilidade se tivesse pleno respaldo para desempenhar minhas funções de maneira ética e eficiente. Infelizmente, essa condição não foi atendida.

À frente da Secretaria de Saúde, deparei-me com obstáculos que comprometiam seriamente minha capacidade de realizar um trabalho sério e comprometido com o bem-estar da população. Fui impedida de acessar relatórios e informações essenciais para uma gestão eficaz, o que minou minha condução dos assuntos públicos.

É com tristeza e indignação que constato a falta de compromisso com os princípios éticos e morais que norteiam a administração pública. Minha saída não representa um abandono de minhas responsabilidades, mas sim um ato de coragem em defesa da integridade e da transparência no serviço público.

Apesar das dificuldades encontradas, saio de cabeça erguida e com a consciência tranquila de que agi conforme minha consciência e meus valores. Não me arrependo das escolhas que fiz, pois sempre priorizei o interesse coletivo e o bem-estar da comunidade.

Expresso minha gratidão a todos que colaboraram com meu trabalho e reafirmo meu compromisso com a saúde e o bem-estar da população, independentemente dos desafios que enfrentamos. Continuarei lutando pelos ideais que sempre nortearam minha trajetória profissional, na esperança de um futuro mais justo e digno para nossa cidade e seus moradores.

Atenciosamente,
Luana Julya Brolo Honorato

Notícias relacionadas